• Leilao
  Lote Descricao Categoria Preco Base
1137.8
Lote 1223

RIO TINTO – {TRÊS TOMBOS}

{PRIMEIRO TOMBO} – TITULOS DA QUINTA DA CAMPAINHA NA FREGUESIA DE RIO TINTO. Tomo 11. Obra manuscrita desde o século XVII ao século XVIII, com iluminura às cores de página inteira no frontispício, ornada com dois frisos geométricos de formato rectangular ao alto, decorada no seu interior com motivos vegetalistas e florais, tendo na parte inferior do friso menor uma jarra com arranjo floral. Rio Tinto. 1631-1797. In-fólio de 486 folhas numeradas, que perfaz no seu total de 972 páginas + índice não numerado. E. Importante primeiro tomo, com interessantíssimos manuscritos referentes à Quinta da Companhia, entre os quais a compra da mesma ao Capitão Francisco da Silva Portela em 18 de Março de 1765, pelo Sr. Domingos Francisco da Silva Guimarães e sua esposa D. Maria Clara Joaquina. Em 13 de Julho de 1765, Domingos Francisco da silva Guimarães e esposa, pediram autorização para fazer na Quinta da Companhia a “Capela da Nossa Senhora da Conceição”, que lhes foi concedida, começando a ser edificada no mesmo ano, conforme documentos manuscritos desde a folha Nº 250 à folha Nº 277. Este tomo é constituído por imensos manuscritos, no qual vamos descrever os seguintes: Sentença Civil de Força (…) - 1631; Sentença Civil (…) - 1663; Sentença (…) - 1666; Sentença (…) - 1667; Sentença Civil (…) - 1669; Certidão do Prazo de Vidas (…) - 1693; Sentença Civil Penal (…) - 1704; Auto de Posse (…) - 1707; Sentença Civil Penal (…) - 1722; Sentença Civil Penal (…) - 1730; Carta de Rematação (…) - 1736; Sentença Civil Penal (…) - 1739; Sentença Civil Penal (…) - 1744; Sentença Civil Penal (…) - 1746; Prazo que fez o Capitão (…) - 1746; Sentença Civil (…) - 1746; Escritura de Venda (…) - 1748; Prazo que fizerão Luiz (…) - 1750; Escritura de Venda (…) - 1752; Escritura de Venda, que fizerão o Capitão Francisco da Silva Portela e sua mulher D. Anna Joaquina Roza a Domingos Francisco da Guimarães (…) - 1765; Certidão dos Autos de Dote para Património, que fizerão Domingos Francisco da Silva Guimarães, e sua mulher D. Maria Clara Joaquina desta Cidade á sua Capela de Nossa Senhora da Conceição, que erigirão na sua Quinta da Campainha freguezia de Rio Tinto (…) - 1765; Entre muitos outros manuscritos. Encadernação de capas rígidas a inteira de carneira, com frisos gravados, ornados no seu interior com elementos vegetalistas e florais em ambas as pastas, apresentando pequenos defeitos com mais incidência na lombada. Encadernação com sistema de atilhos na parte frontal. Exemplar com sinais de manuseamento, apresentando alguns defeitos e pequenas faltas, mas bem conservado para a época.

 

{SEGUNDO TOMBO} – TITULOS DO MEYO CAZAL DA CAMPAINHA, E MONTADOS NA FREGUESIA DE RIO TINTO. Tomo 12. Obra manuscrita desde o século XVIII ao início do século XIX, com iluminura às cores de página inteira no frontispício, ornada com dois frisos geométricos de formato rectangular ao alto, decorada entre os frisos com motivos vegetalistas e florais, tendo na parte inferior do friso menor uma jarra com arranjo floral. Rio Tinto. 1731-1815. In-fólio de 412 folhas numeradas, que perfaz no seu total de 824 páginas + índice não numerado. E. Tomo segundo, com imensos manuscritos referentes à Quinta da Companhia, no qual vamos descrever os seguintes: Escritura de Venda ao Capitão Francisco da Silva Portela (…) - 1731; Prazo que fez a Meza Abbacial de Paço de Souza ao Capitão (…) - 1746; Certidão do Prazo que fizerão a Capitão (…) - 1793; Escritura de Venda, que fizerão o Capitão Francisco da Silva Portela e sua mulher a Domingos Francisco da Silva Guimarães (…) - 1765; Sentença Civil (…) - 1790; Titulo Sob Sentença Civil (…) - 1791; Prazo de Vidas, que fez (…) - 1792; Escritura de Venda, que fizerão (…) - 1811; Escritura de Venda, que fizerão (…) - 1815; Prazo que fizerão Francisco da Silva Portela (…) - 1719; Prazo que fez Francisco da Silva Portela (…) - 1721; Prazo que fizerão o Capitão Francisco da Silva Portela (…) - 1743; Prazo que fez o Capitão Francisco da Silva Portela (…) - 1746; Prazo que fez o Capitão Francisco da Silva Portela (…) - 1746; Prazo que fizerão o Capitão Francisco da Silva Portela (…) - 1753; Sentença Civel de Troca promutação, e louvação (…) - 1753; Escritura de Venda, que fizerão o Capitão Francisco da Silva Portela e sua mulher a Domingos Francisco da Silva Guimarães (…) - 1765; Entre muitos outros manuscritos. Encadernação de capas rígidas a inteira de carneira, com frisos gravados, ornados no seu interior com elementos vegetalistas e florais em ambas as pastas, apresentando pequenos defeitos com mais incidência na lombada. Encadernação com sistema de atilhos na parte frontal. Exemplar com sinais de manuseamento, apresentando alguns defeitos e pequenas faltas, mas bem conservado para a época.

{TERCEIRO TOMBO} – TITULOS DE VARIAS PROPRIEDADES, E FOROS NA FREGUEZIA DE RIO TINTO. Tomo 13. Obra manuscrita desde o século XVIII ao início do século XIX, com iluminura às cores de página inteira no frontispício, decorada com duas colunas monumentais, ornadas com motivos vegetalistas e florais, tendo na parte inferior jarra com arranjo floral, todos estes elementos dentro de frisos geométricos. Rio Tinto. 1723-1813. In-fólio de 377 folhas numeradas, que perfaz no seu total de 754 páginas + índice não numerado. E. Tomo terceiro, com imensos manuscritos referentes a diversas propriedades e foros na freguesia de Rio Tinto, relativo aos proprietários da Quinta da Companhia, no qual vamos descrever os seguintes: Escritura de Venda, e impozição da pensão, e foro Censo, que fizerão (…) - 1763; Escritura de Venda, que fizerão (…) - 1730; Escritura de Venda, que fizerão (…) - 1770; Escritura de Venda, que fizerão (…) - 1770; Carta de Rematação, que fez Domingos (…) - 1777; Prazo que fizerão Domingos (…) - 1780; Sentença Civil de Carta de Rematação (…) - 1778; Certidão do Prazo, que fez o Mosteiro das Relligiozas de S. Bento da Ave Maria desta Cidade, a (…) - 1725; Prazo que fizeram José Luiz (…) - 1763; Sentença Civil de Adjudicação de José (…) - 1777; Sobre Sentença Civil de Adjudicação do dito José (…) - 1778;

Escritura de Venda, que fizerão (…) - 1778; Prazo que fizerão Domingos (…) - 1778; Certidão do Prazo, que fez o Real Mosteiro das Relligiozas de S. Bento da Ave Maria desta Cidade, ao R. do Conego D. Antonio do Rozario Gouvêa (…) - 1760; Certidão do Prazo, que fez (…) - 1760; Escritura de Venda, que fez o (…) - 1778; Prazo, que fez o Real Mosteiro de S. Bento da Ave Maria desta Cidade, a (…) - 1756; Escritura de Venda, que fez (…) - 1780; Subemprazamento de Vidas, que fez (…) - 1789; Prazo, que fez o Real Mosteiro de S. Bento da Ave Maria desta Cidade, a (…) - 1756; Escritura de Venda, que fez (…) - 1728; Entre outros manuscritos. Encadernação de capas rígidas a inteira de carneira, com frisos gravados, ornados no seu interior com elementos vegetalistas e florais em ambas as pastas, apresentando pequenos defeitos com mais incidência na lombada. Encadernação com sistema de atilhos na parte frontal. Exemplar com sinais de manuseamento, apresentando alguns defeitos e pequenas faltas, mas bem conservado para a época. IMPORTANTES E RAROS MANUSCRITOS.

Literatura 1.000,0 €
1218.4
Lote 1219

CELA (CAMILO JOSÉ) – GAVILLA DE FÁBULAS SIN AMOR

ILUSTRACIONES DE PICASSO. LAS EDICIONES DE LOS PAPELES DE SON ARMADANS. COLECCIÓN PRÍNCIPE DON JUAN MANUEL DE OBRAS DE C. J. C. - II. Palma de Mallorca. MCMLXII [1962]. In-fólio de 157-XI págs. E. Primeira edição, uma das mais belas obras de Camilo José Cela, escritor galego galardoado com o Prémio Nobel de Literatura em 1989. Excelente edição de apurada concepção gráfica, em papel invulgarmente encorpado, ilustrada com [trinta e dois] belos desenhos inéditos a cores de Pablo Picasso.

TIRAGEM LIMITADA A 2000 EXEMPLARES MANUALMENTE NUMERADOS E ASSINADOS POR CAMILO JOSÉ CELA, IMPRESSOS SOBRE PAPEL PICASSO, ESPECIALMENTE FABRICADO PARA ESTA EDIÇÃO PELA CASA GUARRO “COM LA DOBRE FILIGRANA DEL SOL Y LA GAVILLA DIBUJADAS EX PROFESO POR EL PINTOR”. EXEMPLAR COM O Nº 280. Encadernação editorial de capa rígida, revestida a tela, por aparar. Obra em excelente estado de conservação. RARO E VALIOSO.

Literatura 500,0 €
1220.4
Lote 1189

VANITAS: THEATRUM MUNDI

Coordenação de Pedro Aguiar Branco, Álvaro Roquette. Autor de ensaios, Hugo Xavier. Fotografias de José Luís Samagaio e Mariana Teixeira da Mota. Tradução de Martinho Bustorff, Ana Soares Franco. Design gráfico de Francisco Herédia Chatimsky. Edição de AR - PAB. Lisboa. [2009]. In-4º {oblongo} de 272 págs. E. Edição com texto em português e inglês, dividida em cinco grupos “Europa”; “África”; “Américas”; “Oriente Próximo”; “Oriente Extremo”. Catálogo impresso sobre papel de excelente qualidade e de muito cuidada execução gráfica, profusamente ilustrado a cores em folhas de página inteira, com mais de 100 peças raras, desde o século XV ao século XX. Encadernação editorial de capas rígidas, com dizeres a ouro na lombada e pasta da frente. Bem conservado. POUCO VULGAR.

Literatura 10,0 €
1046.9
Lote 1132

RARA E INVULGAR GARRAFA DE SCOTCH WHISKY

Uma (1) garrafa de scotch whisky “JAMES MARTIN՚S - AGED 30 YEARS - LIMITED EDITION - FINE & RARE - SUPER DELUXE - BLENDED SCOTCH WHISKY”, destilado antes de 1967, de 70 cl, com um grau de alcoolemia de 43% Vol. Produzido e engarrafado por James Martin՚s Ld.ª Leith - Scotland e distribuído por Bacardi - Martini - Portugal Ld.ª - Castanheira do Ribatejo - Portugal. Cada um dos whiskies que entra na composição deste blend de excepção tem no mínimo 30 anos. Como é tão extraordinariamente raro de encontrar whiskies com esta idade, o número de garrafas de James Martin՚s 30 Year Old Blend é também muito limitado. Os 130 anos de experiencia da James Martin՚s & Cº Ld.ª, reflectem-se profundamente na criação deste blend. Os whiskies que o compõem foram seleccionados por toda a Escócia e deixados em repouso muitos e muitos anos. Durante o seu excepcionalmente longo período de maturação, estes whiskies foram minuciosamente cuidados por forma a atingirem um soberbo equilíbrio de suavidade, riqueza, profundidade e frescura de aromas. Aparência: Âmbar escuro com reflexos acastanhados. Aroma: Muito intenso a amêndoas e nozes no início, sobre um fundo de xerez e caramelo amanteigado, associado a um complexo de fruta que inclui figos secos e casca de laranja cristalizada. Sabor: Puro. No início é suave e um tanto oleoso e no fim ligeiramente quente e licoroso. Exemplar raro e invulgar com interesse para coleccionadores no seu estado original com protecção de rolha, selo de garantia parcialmente omisso e caixa original em cartão litografado em tons dourados sobre fundo vermelho. Não nos responsabilizamos pelo seu estado de conservação.

Nota: Nível ligeiramente abaixo do recomendável.

Bebidas 400,0 €
0995.8
Lote 1076

VINHO DO PORTO

Uma (1) garrafa de vinho do Porto “REAL COMPANHIA VELHA - VINTAGE 1980”, de 75 cl, com um grau de alcoolemia de 20% Vol. Envelhecido em cascos de carvalho. Produzido e engarrafado por: Companhia Geral da Agricultura das Vinha do Alto Douro, S.A.R.L. Vila Nova de Gaia - Oporto - Portugal. Exemplar invulgar com interesse para coleccionadores no seu estado original com protecção de rolha e selo de garantia. O vinho do Porto é um vinho natural, sujeito a criar depósito com a idade, recomenda-se que seja servido com cuidado indispensável para não turvar. Não nos responsabilizamos pelo seu estado de conservação.

Nota: Rótulo com manchas de oxidação.

Bebidas 40,0 €
0964.8
Lote 1064

VINHO DO PORTO DE 1,5 L

Uma (1) garrafa de vinho do Porto “TAYLOR´S - 10 YEARS OLD - TAWNY - ENGARRAFADO EM 1986”, de 150 cl, com um grau de alcoolemia de 20% Vol. Envelhecido em cascos de carvalho. Bottled by: Taylor, Fladgate & Yeatman - Vinhos S.A.R.L. Produce of Portugal. Exemplar no seu estado original com rolha lacrada, selo de garantia e caixa original em madeira pirogravada. O Vinho do Porto é um vinho natural, sujeito a criar depósito com a idade, recomenda-se que seja servido com cuidado indispensável para não turvar. Não nos responsabilizamos pelo seu estado de conservação.

Bebidas 40,0 €
1066.9
Lote 1043

VINHO DO PORTO

Uma (1) garrafa de vinho do Porto “QUINTA DE SANTA BÁRBARA - COLHEITA 1970”, de 75 cl, sem grau de alcoolemia, envelhecido em cascos de carvalho. Produzido e engarrafado por: Centro de Estudos Vitivinícolas do Douro. Exemplar no seu estado original com protecção de rolha e selo de garantia omisso. O vinho do Porto é um vinho natural, sujeito a criar depósito com a idade, recomenda-se que seja servido com o cuidado indispensável para não turvar. Não nos responsabilizamos pelo seu estado de conservação.

Bebidas 40,0 €
0216.8
Lote 1041

AGUARDENTE VELHA

Uma (1) garrafa de aguardente velha “AGUARDENTE VELHA - CONDE D´ÁGUEDA - QUINTA DA AGUIEIRA”, de 0,75 cl, com um grau de alcoolemia de 38% Vol. Envelhecida em cascos de carvalho. Produzida e engarrafada por: Caves Primavera, Ld.ª - Aguada de Baixo - Águeda - Produce of Portugal. Exemplar no seu estado original com rolha lacrada, selo de garantia e caixa original em cartão litografado. Produto natural que pode apresentar sedimento com a idade. Não nos responsabilizamos pelo seu estado de conservação.

Bebidas 25,0 €
1056.9
Lote 1008

AGUARDENTE VELHA

Uma (1) garrafa de aguardente vínica velha “AGUARDENTE VELHA - EXTRA ANTIQUÍSSIMA - CAVES ALIANÇA”, de 70 cl, com um grau de alcoolemia de 40% Vol. Envelhecida em cascos de carvalho. Produzida e engarrafada por: Caves Aliança. S. A. Sangalhos - Portugal - Produce of Portugal. Exemplar no seu estado original com protecção de rolha e selo de garantia. Não nos responsabilizamos pelo seu estado de conservação.

Bebidas 20,0 €
1076.9
Lote 0977

VINHO DO PORTO

Uma (1) garrafa de vinho do Porto “SÃO PEDRO 10 YEARS OLD - ENGARRAFADO EM 1995”, de 75 cl, com um grau de alcoolemia de 19% Vol. Envelhecido em cascos de carvalho. Produzido e engarrafado na Região Demarcada do Douro por: Quinta do Convento de São Pedro das Águias S.A.C. - S. A. Távora - 5120 - Tabuaço - Produto de Portugal. Exemplar no seu estado original com protecção de rolha e selo de garantia. O vinho do Porto é um vinho natural, sujeito a criar depósito com a idade, recomenda-se que seja servido com o cuidado indispensável para não turvar. Não nos responsabilizamos pelo seu estado de conservação.

Bebidas 15,0 €
0342.8
Lote 0960

AGUARDENTE VELHA

Uma (1) garrafa de aguardente velha “GRAN TURQUEZA”, dos anos 60/70, de 75 cl, com um grau de alcoolémia de 38% Vol. Envelhecida em cascos de carvalho. Produzida e engarrafada por: Adegas da Cumeada - Sitio de Valverde - Cartaxo - Portugal. Exemplar no seu estado original com rolha lacrada e selo de garantia. Não nos responsabilizamos pelo seu estado de conservação.

Nota: Lacre partido no topo da garrafa.

Bebidas 20,0 €
0442.8
Lote 0934

VINHO DO PORTO

Uma (1) garrafa de vinho do Porto “RESERVA CÁLEM”, de 75 cl, com um grau de alcoolemia de 20% Vol. Envelhecido em cascos de carvalho. Produzido e engarrafado por A. A. Cálem & Filho, S. A. - V. N. Gaia - Portugal. Exemplar com interesse para coleccionadores no seu estado original com protecção de rolha, selo de garantia e caixa original em cartão litografado. O Vinho do Porto é um vinho natural, sujeito a criar depósito com a idade, recomenda-se que seja servido com cuidado indispensável para não turvar. Não nos responsabilizamos pelo seu estado de conservação.

Bebidas 15,0 €
0440.8
Lote 0932

VINHO DO PORTO

Uma (1) garrafa de vinho do Porto “SÃO PEDRO - 10 YEARS OLD - ENGARRAFADO EM 2015”, de 75 cl, com um grau de alcoolémia de 20% Vol. Envelhecido em cascos de carvalho. Produzido e engarrafado na região demarcada do Douro por: Rozès, S. A. Cambres - Lamego - Produto de Portugal. Exemplar no seu estado original com protecção de rolha, selo de garantia e caixa original em cartão litografado. O vinho do Porto é um vinho natural, sujeito a criar depósito com a idade. Recomenda-se que seja servido com o cuidado indispensável para não turvar. Não nos responsabilizamos pelo seu estado de conservação.

Bebidas 15,0 €
0212.8
Lote 0896

VINHO DO PORTO

Uma (1) garrafa em cerâmica de vinho do Porto “PORTO - ROZÈS 10 ANOS - ENGARRAFADO EM 2005”, de 75 cl, com um grau de alcoolémia de 20% Vol. Envelhecido em cascos de carvalho. Mis en bouteille dans la Region Delimitee du Douro pae: SPR Vinhos SA. Cambres - Lamego - Produit du Portugal. Exemplar no seu estado original com protecção de rolha, selo de garantia e caixa original em matéria sintética litografada. Não nos responsabilizamos pelo seu estado de conservação.

Bebidas 15,0 €
0227.8
Lote 0807

BAGACEIRA

Uma (1) garrafa de bagaceira “ALDEIA VELHA - BAGACEIRA DO MINHO”, dos anos 70/80, de 75 cl, com um grau de alcoolémia de 45% Vol. Produzida na região dos vinhos verdes, envelhecida em cascos de carvalho. Engarrafada por: Macieira & Cª Ld.ª - Lisboa - Portugal. Exemplar no seu estado original com rolha em matéria sintética e selo de garantia omisso. Não nos responsabilizamos pelo seu estado de conservação.

Bebidas 5,0 €
0528.8
Lote 0792

RELÓGIO DE PULSO PARA HOMEM “INTERNATIONAL WATCH”

Caixa em ouro contrastado (18 k), com as respectivas marcas de garantia do toque 0,750, fabrico da “IWC”, modelo Schaffhausen, trabalho suíço do séc. XX. Caixa em ouro com coroa lateral estriada que acciona o acerto das horas e calendário. Interior da tampa com inscricões gravadas com as respectivas marcas de garantia do toque do ouro e números de série - 2460599 - 3334. Máquina accionada por movimento de quartz. Mostrador dourado com numeração estilizada, calendário às três horas, ponteiro dos segundos e inscrição [IWC - International Watch Cº - Schaffhausen - Quartz - Swiss]. Braceletes originais em pele em tons de negro com fivela em metal dourado e polido. Sinais de uso. A funcionar.

Diâm: 3,1 cm

Relógios 1.100,0 €
1181.7
Lote 0787

PULSEIRA DE SENHORA

Em ouro amarelo e branco contrastado (19,2k), com as respectivas marcas de garantia do toque 0,800, trabalho português do séc. XX-XXI. Corpo constituído por elos lisos, recortados e vazados de movimento convexo em tons de branco e amarelo, formando um desenho repetitivo. Sinais de uso.

Contraste: Cabeça de Veado - Marca de garantia do ouro do toque 0,800, usada na contrastaria do Porto desde 1985.

Peso total aprox: 51,6 gr.

Dim: 2x17 cm

Ouro 2.500,0 €
1190.7
Lote 0783

RELÓGIO DE PULSO PARA SENHORA “RAYMOND WEILL”

Caixa e bracelete em aço polido e plaque or, fabrico da Raymond Weill - Modelo Tango, fabrico suíço do ano 2002. Caixa recortada, decorada por faixa concêntrica com perolados em relevo e coroa lateral estriada que acciona o acerto dos ponteiros e calendário. Verso da caixa com inscrições gravadas [Raymond Weill - Stainless Stell - Water Resistant 5ATM e múmero de série 5360]. Máquina de movimento de quartzo. Mostrador em tons de branco com numeração romana e estilizada a dourado com ponteiros luminescentes, calendário às três horas e inscrições a negro {Raymond Weill - Geneve - Tango - Swiss Made}. Braceletes maleáveis em aço e plaque or, constituída por elos interligados entre si com término em fecho de encartar. A funcionar.

Sinais de uso.

Diâm: 2,9 cm

Relógios 600,0 €
0551.8
Lote 0778

COLAR DE SENHORA

Em ouro amarelo contrastado (19,2k), com as respectivas marcas de garantia do toque 0,800, trabalho português do séc. XX-XXI. Corpo constituído por vinte e uma (21) contas ditas de “Viana”, intercaladas por vinte e duas (22) contas estriadas, formando um desenho repetitivo. Sinais de uso e pequenas amolgadelas em algumas contas.

Contraste: Cabeça de Veado - Marca de garantia do ouro do toque 0,800, usada na contrastaria de Lisboa desde 1985.

Peso total aprox: 22,3 gr.

Compr: 44 cm

Ouro 1.100,0 €
0526.8
Lote 0774

RELÓGIO DE PULSO PARA HOMEM “TISSOT”

Caixa delgada e alongada em aço com partes polidas e escovadas, fabrico da “Tissot”, modelo Lisboa, trabalho suíço do séc. XX.

Caixa de formato rectangular ao alto com coroa lateral estriada. Verso com inscrições gravadas - T - Tissot - Z 150 Waterresistant 30. Mineral Glass. Stainless Stell. Limited Edition - 7689/9999. Máquina de movimento mecânico, accionado por corda manual. Mostrador em tons de branco, decorado com trabalho guilhochado, ladeado por faixas com caneladuras de movimento oblíquo, mostrador dos segundos de formato quadrangular, numeração Árabe a negro e inscrição no topo [Tissot - Lisboa]. Braceletes em pele em tons de negro com fivela em metal prateado e polido. A funcionar.

Dim: 4,2x3 cm

Relógios 450,0 €
0513.8
Lote 0768

ANEL DE SENHORA

Em ouro branco contrastado (19,2 k), com as respectivas marcas de garantia do toque 0,800, trabalho português do séc. XX-XXI. Aro liso, interligado a mesa recortada de formato rectangular ao baixo, cravejada com setenta e dois (72) diamantes em talhe de brilhante com cerca de 0,01 (ct) cada, encimada ao centro por faixa recortada em forma de meia-lua, percorrida por cinco fiadas transversais, cravejadas com cinquenta e nove (59) diamantes em talhe de brilhante com cerca 0,01 (ct) cada, perfazendo no seu total no seu total com cento e trinta e um (131) diamantes. Sinais de uso.

Contraste: cabeça de veado - Marca de garantia do ouro do toque 0,800, usada na contrastaria de Lisboa desde 1985.

Peso total aprox: 18,7 gr.

Med: 13

Ouro 900,0 €
0004.8
Lote 0765

ÍCONE GREGO (SÉC. XVIII-XIX)

A ASCENSÃO DE CRISTO” – Têmpera de ovo sobre gesso e tela, aplicado em painel de madeira, provavelmente de “lárice ou abeto”, ricamente pintado em várias cores e a folha de ouro, representando uma das grandes festas do ano litúrgico ortodoxo. Excepcional obra de arte sagrada, dividida iconograficamente em duas partes: A parte superior ao centro, dentro de mandorla em folha de ouro, encontra-se Jesus Cristo, ladeado por dois anjos de asas abertas em posição de elevação ao céu. Por cima a inscrição em grego e em letras maiúsculas [A ASCENSÃO DE CRISTO].

A parte inferior é constituída por uma bela composição, tendo ao centro por Virgem Maria, mãe de Jesus, em posição de meditação, ladeada por dois anjos de cabeças inclinadas, com doze apóstolos que tem os olhos fixos no céu, divididos em dois grupos: seis do lado direito e seis do lado esquerdo. Entre as duas partes iconográficas, encontra-se o monte das oliveiras. Todos os figurantes encontram-se representados de pé e ricamente trajados com vestes da época, em tons de azul, verde, vermelho, branco, dourado e prateado. Exemplar com pequenas faltas e desgastes na camada pictórica da têmpera, com muita mais incidência na orla do painel, junto ao friso que envolve a obra.

Dim: 41,9x30,4x2 cm

Pintura 2.500,0 €
1188.7
Lote 0758

PULSEIRA DE SENHORA

Em ouro branco contrastado (19,2k), com as respectivas marcas de garantia do toque 0,800, trabalho português do séc. XX. Corpo maleável, constituído por elos recortados e vazados de formato paralelepipédico, alguns deles ornados por fiadas cravejadas no seu total com vinte e sete (27) diamantes em talhe de brilhante com cerca de 0,01 (ct) cada. Sinais de uso.

Contraste: Cabeça de Veado - Marca de garantia do ouro do toque 0,800, usada na contrastaria de Lisboa desde 1985.

Peso total aprox: 12 gr.

Dim: 0,4x18,5 cm

Ouro 800,0 €
0597.8
Lote 0756

PRATO COBERTO DE BORDO RECORTADO

Em prata portuguesa, trabalho do séc. XX. Corpo parcialmente liso de formato oval, decorado por faixa concêntrica com enrolamentos vegetalistas intercalados entre si por volutas com términos em enrolamento, encimadas no bordo por friso perolado. Tampa repuxada com a mesma decoração com término em pega amovível, recortada e vazada em voluta. Sinais de uso.

Contraste: Águia 916 (1º título) - Marca de garantia da prata do toque 0,916, usada na contrastaria do Porto de 1938-1984 e inscrição incisa [Topázio].

Peso aprox: 2.156,7 gr.

Dim: 16x27x37 cm

Prata 870,0 €
0776.8
Lote 0748

MESA DE JOGO

Em madeira de nogueira maciça com partes faixeadas a raiz de nogueira, recortada, torneada, entalhada e com embutidos em madeira de cetim, Trabalho inglês do séc. XX. Corpo de formato rectangular ao baixo com tampo rotativo e de movimento ascendente e descendente que acompanha as linhas da cintura, assente sobre quatro colunas torneadas em forma de balaústre com términos em pés recortados e entalhados com enrolamentos vegetalistas, interligados entre si por montante central torneado com términos em rodízios. Tampo decorado nas extremidades com motivos florais embutidos em madeira de cetim, ladeados por enrolamentos vegetalistas e volutas. Interior estofado a feltro em tons de verde. Sinais de uso.

Dim: 71,5x46,5x91,2 cm (Fechada)

Dim: 69,5x91,2x92,7 cm (Aberta)

Mobiliário 200,0 €
0544.8
Lote 0747

SERVIÇO DE CHÁ E CAFÉ COM TABULEIRO

Em prata portuguesa, trabalhos do séc. XX. Este conjunto é constituído pelas seguintes peças que passamos a descrever: Uma (1) cafeteira, um (1) de chá, uma (1) leiteira, um (1) açucareiro e um (1) tabuleiro. Corpos parcialmente lisos, decorados com faixas verticais com caneladuras côncavas, intercaladas por faixas vegetalistas, assente sobre bases circulares molduradas. Tampas repuxadas com a mesma decoração, encimadas por pomos torneados com términos esféricos. Pegas recortadas e vazadas em voluta. Tabuleiro parcialmente liso de formato oval, decorado com faixa concêntrica com a mesma decoração e perolados com duas pegas laterais recortadas e vazadas em voluta. Sinais de uso.

Contraste: Águia 833 - Marca de garantia da prata do toque 0,833, usada na contrastaria do Porto de 1938-1984.

Peso aprox: 5040,5 gr.

Alt: 23 cm (Cafeteira)

Alt: 18 cm (Bule de chá)

Alt: 15,5 cm (Leiteira)

Alt: 15,5 cm (Açucareiro)

Dim: 36,1x63,7 cm

Prata 2.500,0 €
0793.8
Lote 0746

JÚLIO RESENDE (1917-2011)

RAPAZ E PAPAGAIO”– Aguarela a cores sobre papel, representando menino brincando com papagaio de papel ou tecido, lançado ao vento agitado.

Obra assinada e datada no canto inferior direito [Resende // 78]. Verso da moldura com uma etiqueta colada na placa de protecção da Galeria Nazoni, com a respectiva identificação do autor, título da obra, ano, técnica e dimensões, provavelmente comercializada pela referida Galeria. Trabalho com moldura em madeira lacada em tons de cinza escuro. Aguarela bem conservada.

Dim: 30X20 cm (Aguarela)

Dim: 47,5x37,5 cm (Moldura)

Nota: Júlio Martins da Siva Resende – Pintor contemporâneo, nasceu no Porto a 23 de Outubro de1917 e faleceu a 21 de Setembro de 2011. Discípulo de Alberto Siva, Joaquim Lopes, Dordio Gomes, Duco de la Haix e Othon Friez. Frequentou a Escola de Belas-Artes do Porto, obtendo de seguida uma bolsa do Instituto de Alta Cultura. Das inúmeras exposições individuais, salientam-se, três exposições antológicas na Fundação Calouste Gulbenkian (1989), no Museu Nacional do Rio de Janeiro (1990), e no Leal Senado em Macau. Foi galardoado com o Prémio Nacional da Academia de Belas-Artes; o Prémio de Artes Gráficas na Xª Bienal de Arte de S. Paulo; a medalha de Prata na Exposição Internacional de Bruxelas. Está representado no Museu Nacional Soares dos Reis; no Museu do Chiado; no Museu Calouste Gulbenkian; no Museu de Arte Moderna de S. Paulo; e na sede daUNESCO, em Paris. Foi membro da Academia Nacional de Belas-Artes Portuguesa e da Real Academia das Ciências, das Letras e das Belas-Artes belga. Recebeu o Grau da Ordem Militar de Santiago de Portugal e da Ordem de Mérito Civil do Rei de Espanha.Ref. Biog. Dicionário de Pintores e Escultores Portugueses. [pág. 46-47] // Michael Tannock. [pág. 59], com dois trabalhos reproduzidos a negro. [Estampa Nº 232 e 233].

Pintura 2.000,0 €
0562.8
Lote 0739

ALFINETE DE LAPELA

Em ouro amarelo e branco contrastado (18k), com as respectivas marcas de garantia do toque 0,750, trabalho francês do séc. XX. Corpo em forma de chave com pega recortada e vazada, decorada com enrolamentos vegetalistas, motivos florais estilizados e volutas, cravejadas no seu total com quarenta e três (43) diamantes de talhe antigo dito “rosinhas”. Sinais de uso.

Marcas de garantia do ouro francês com contraste cabeça de águia do toque 0,750.

Peso aprox: 14,1 gr.

Dim: 1,1x5,5 cm

Ouro 600,0 €
0898.8
Lote 0735

GRIFO E GARÇA SOBRE RAMAGENS

GRUPO ESCULTÓRICO” – Em jade esculpido de extrema delicadeza e pormenor, trabalho chinês do séc. XX. Aves de asas abertas em vulto perfeito sobre ramagens, ladeadas por motivos florais e enrolamentos vegetalistas, assente sobre base em madeira recortada, entalhada e patinada a negro. Sinais e ínfimos defeitos.

Dim: 18,5x16 cm (Escultura)

Dim: 22,5 cm (Altura total da escultura com base)

Escultura 100,0 €
1179.7
Lote 0723

ANEL DE SENHORA

Em ouro branco contrastado (19,2k), com as respectivas marcas de garantia do toque 0,800, trabalho português do séc. XX-XXI. Aro liso, encimado por mesa circular em forma de flor, cravejada no seu total com dezanove (19) diamantes em talhe de brilhante com cerca de 0,01 (ct) cada. Sinais de uso.

Cabeça de Veado - Marca de garantia do ouro do toque 0,800, usada na contrastaria do Porto desde 1985.

Peso total aprox: 4,4 gr.

Med: 10

Ouro 250,0 €
1203.6
Lote 0722

BUSTO DE FIGURA MASCULINA “LUÍS PEREIRA CAPOTE”

Em porcelana desvidrada e polida (Biscuit), moldada e relevada, trabalho do séc. XIX, modelo do autor “Anselmo Ferreira”. Busto assente sobre base em pedra mármore em tons de negro com nuances em tons de branco com placa frontal recortada com a seguinte inscrição gravada: [Luís Pereira Capote // 1832-1870 // Operário da Fábrica de Porcelana da Vista Alegre, que descobriu o caulino e o utilizou com êxito. Este busto é de biscuit, fabricado na Vista Alegre no séc. XIX]. Numeração incisa na pasta [4]. Sinais de uso, esbeiçadela acentuada e cabelo no verso.

Sem marca 1832-1870.

Dim: 9,5x5,3x9 cm (Busto)

Dim: 15,5 cm (Altura total do busto com a respectiva base)

Nota: Com o Nº V.A. 100 da Colecção António Capucho. No espólio do Museu da Vista Alegre existe um exemplar idêntico com o Nº INV. 117 e com marca Nº 4 (1832-1870) a punção. Um exemplar idêntico figura em “A Fábrica da Vista Alegre – O Livro do seu Centenário – 1824-1924”, estampa XV e outro figurou na Exposição “Vista Alegre – Porcelana Portuguesa – Testemunho da História”, Brasil 1998 com o Nº 64, pág., pág. 76 e também um outro exemplar idêntico encontra-se ilustrado no catálogo “II Leilão da Vista Alegre – Palácio da Bolsa do Porto, 14 Novembro 1998, lote 106, pág. 86 etc.

Porcelana 200,0 €
0879.8
Lote 0720

GUERREIRO JAPONÊS “SAMURAI”

Em vidro moldado e relevado em tons de negro, com purpurina a ouro, trabalho possivelmente italiano do séc. XX. A figura está representada de pé em vulto perfeito em posição de guarda com o braço esquerdo flectido e com a mão direita segura uma wakizashi “Espada”, apoiada no verso da cintura. Traja roupagem da época, com botas de cano alto e jingasa “chapéu” de aba larga com término cónico, encimado frontalmente por chifres. Sinais de uso.

Alt: 39,5 cm

Vidros e Cristais 75,0 €
0638.8
Lote 0719

SEIS FLUTES PARA CHAMPAGNE

Em prata portuguesa, trabalhos do séc. XX-XXI. Flutes lisos de formato cónico invertido, assentes sobre fustes torneados com términos em base circular. Sinais de uso.

Contraste: Águia 925 - Marca de garantia da prata do toque 0,925, usada na contrastaria do Porto desde 1985.

Peso aprox: 2.050,9 gr.

Alt: 21,3 cm

Prata 1.000,0 €
0545.8
Lote 0714

COLAR COM PENDENTE

COLAR” – Em ouro branco contrastado (19,2k), com as respectivas marcas de garantia do toque 0,800, trabalho português do séc. XX-XXI. Corpo constituído por elos recortados e interligados entre si, formando um desenho tubular repetitivo. Sinais de uso.

Contraste: Cabeça de Veado - Marca de garantia do ouro do toque 0,800, usada na contrastaria de Lisboa desde 1985.

Peso total aprox: 5,9 gr.

Compr: 43,5 cm

Â

PENDENTE” – Em ouro branco contrastado (19,2k) e prata com as respectivas marcas de garantia do toque 0,800 (ouro) e do toque 0,833 (prata), trabalho português do séc. XX. Corpo recortado em forma de coração com abertura lateral, ricamente cravejado com setenta (70) safiras e nove (9) diamantes de talhe antigo dito “rosinhas” com término em argola de suspensão, cravejada com duas (2) safiras e dois (2) diamantes de talhe antigo.

Sinais de uso.

Contraste: Cabeça de cão - Marca de garantia dos objectos constituídos por ouro e prata, respectivamente dos toque mínimos de 0,800 e de 0,833, usada na contrastaria de Lisboa de 1938-1984. Contraste: Cabeça de Galo - Marca destinada a objectos de joalharia, usada na contrastaria de Lisboa de 1938-1984.

Peso total aprox: 10,7 gr.

Dim: 3,5x2,5 cm

Â

Peso total do colar com pendente – 16,6 gr.

Ouro 700,0 €
1214.5
Lote 0713

ESCOLA FLAMENGA “SEGUIDOR DE FRANS FRANCKEN II”

SÃO JERÓNIMO PENITENTE” – Óleo sobre madeira de pequenas dimensões e de notável luminosidade, trabalho flamengo do séc. XVII. Em primeiro plano, encontra-se São Jerónimo em frente de uma gruta, ou pedra rochosa, encimada por pequenos arbustos, com auréola em volta da cabeça, está representado de joelhos em posição de penitência, segurando com a mão esquerda o crucifixo e com o indicador da mão direita virada para o céu. Traja túnica comprida com pregueados em tons de roxo azulado, da cintura para baixo até aos seus pés. Na parte inferior e na parte lateral do Santo, encontram-se os habituais atributos: “A caveira”; “O livro”; “O leão”; “O chapéu e a capa cardinalícia de tons vermelhos”. Em segundo plano, no canto lateral esquerdo surge uma bela paisagem com monumentos, encimado por anjo tocando trombeta. Pintura inserida no centro de um retábulo emoldurado e dourado a ouro fino, com frisos frontais decorados por contas. Sinais de uso, ligeiras fissuras e pequenas falhas na camada pictórica da pintura.

Dim: 16,5x10,5 cm (Óleo)

Dim: 34,5x27,8 cm (Retábulo)

Nota: Obra vendida pela leiloeira inglesa “Christie՚s” em 07 de Julho de 1994, conforme catálogo da época, página [Nº 18], Lote e estampa [Nº 58], com o valor de base para leilão de [£600-800], sem retábulo. Ainda pode ser consultada no site [http://www.artnet.com/artists/frans-francken-the-younger/saint-jerome-6KLQhVOiWAOCEj7I-DpIog2] ou no site [St. Jerome - follower of Frans Francken II].

Pintura 500,0 €
1183.7
Lote 0710

COLAR DE PÉROLAS COM FECHO MODERNISTA

De fiada única com fecho em ouro branco contrastado (19,2k), com as respectivas marcas de garantia do toque 0,800, trabalho português do séc. XX-XX. Corpo constituído por fiada única com sessenta e uma (61) pérolas, enfiadas em fio sintético com término em fecho modernista em ouro branco, decorado com caneladuras incisas de movimento oblíquo e duas fiadas cravejadas no seu total com dez (10) diamantes em talhe de brilhante com cerca de 0,02 (ct) cada. Sinais de uso.

Contraste: Cabeça de Veado - Marca de garantia do ouro do toque 0,800, usada na contrastaria de Lisboa desde 1985.

Peso total aprox: 33 gr.

Compr: 49 cm

Ouro 500,0 €
0558.8
Lote 0704

ANEL DE SENHORA

Em ouro branco contrastado (19,2k), com as respectivas marcas de garantia do toque 0,800, trabalho português do séc. XX-XXI. Aro liso de movimento espiralado, cravejado com dezanove (19) diamantes em talhe de brilhante com cerca de 0,02 (ct) cada. Sinais de uso.

Contraste: Cabeça de Veado - Marca de garantia do ouro do toque 0,800, usada na contrastaria de Lisboa desde 1985.

Peso total aprox: 6,6 gr.

Med: 12

Ouro 300,0 €
0521.8
Lote 0690

ALFINETE DE LAPELA

Em ouro amarelo e branco contrastado (19,2 k), com as respectivas marcas de garantia do toque 0,800, trabalho português do séc. XX. Corpo recortado em forma de flor, cravejado ao centro por nove (9) rubis e quatro (4) águas marinhas, ladeadas por folha ricamente cinzelada com término em caule recortado, cravejado com três (3) diamantes de talhe antigo dito “Rosinhas”. Sinais de uso.

Contraste: Cabeça de dragão - Marca de garantia do ouro do toque 0,800, usada na contrastaria de Lisboa de 1938-1984. Contraste: Cabeça de Galo - Marca destinada a objectos de joalharia, usada na contrastaria de Lisboa de 1938-1984.

Peso total aprox: 13,4 gr.

Dim: 5,5x2,8 cm

Ouro 500,0 €
0507.8
Lote 0686

ANEL DE SENHORA

Em ouro branco contrastado (19,2 k), com as respectivas marcas de garantia do toque 0,800, trabalho português do séc. XX. Aro liso, encimado por mesa de formato oval com fiadas em dégradé, cravejadas no seu total com trinta e três (33) diamantes em talhe de brilhante, sendo trinta (30) com cerca de 0,01 (ct), dois (2) com cerca de 0,02 (ct) cada e o central com cerca de 0,05 (ct). Sinais de uso.

Contraste: Formiga - Marca de garantia do ouro branco do toque de 0,800, usada na contrastaria de Lisboa de 1938 a 1984. Contraste: Cabeça de Galo - Marca destinada a objectos de joalharia, usada na contrastaria do Porto de 1938 a 1984.

Peso total aprox: 3,4 gr.

Med: 26

Ouro 200,0 €
0512.8
Lote 0681

PAR DE BRINCOS COM PENDENTES

Em ouro branco contrastado (19,2 k), com as respectivas marcas de garantia do toque 0,800, trabalhos portugueses do séc. XX. Corpos superiores tubulares, cravejados com dois (2) diamantes em talhe de brilhante com cerca de 0,05 (ct) cada, interligados a pendentes recortados e vazados de formato cónico, ornado por enrolamentos vegetalistas, cravejados no seu total com doze (12) diamantes de talhe antigo dito “rosinhas” com términos em forma de flor, cravejadas ao centro por dois (2) diamantes em talhe de brilhante com cerca de 0,05 (ct) cada. Sinais de uso.

Contraste: Formiga - Marca de garantia do ouro branco do toque de 0,800, usada na contrastaria de Lisboa de 1938 a 1984. Contraste: Cabeça de Galo - Marca destinada a objectos de joalharia, usada na contrastaria do Porto de 1938 a 1984.

Peso total aprox: 4,9 gr.

Dim: 1,5x0,5 cm

Ouro 270,0 €
0496.8
Lote 0679

JARRA

Em prata portuguesa, trabalho do séc. XX. Corpo liso de formato bojudo, assente sobre base circular com inscrição incisa [Com amizade 8-6-73 - C. H. L.]. Sinais de uso.

Contraste: Águia 833 - Marca de garantia da prata do toque 0,833, usada na contrastaria de Lisboa de 1938-1984 e inscrição incisa [Joalharia do Carmo - Lisboa].

Peso aprox: 1.106,4 gr.

Alt: 26 cm

Prata 500,0 €
0619.8
Lote 0676

BANDEJA DE BORDO RECORTADO

Em prata portuguesa, trabalho do séc. XX. Corpo liso de formato circular de covo acentuado, encimado no bordo por moldurada recortada em dégradé. Sinais de uso.

Contraste: Águia 916 (1º Título) - Marca de garantia da prata do toque 0,916, usada na contrastaria de Lisboa de 1938-1984.

Peso aprox: 1.115,2 gr.

Alt: 2,5 cm

Diâm: 36 cm

Prata 400,0 €
0794.8
Lote 0674

ESCOLA FRANCESA (SÉC. XIX-XX)

PAISAGEM CAMPESTRE” – Óleo sobre tela, representando em primeiro plano, vista de encosta com vegetação, arvoredo exuberante, bovinos, ovinos e jumento com figura masculina de bruços sobre o seu dorso. Em segundo plano vista panorâmica com montanhas de grande altitude. Obra com assinatura e data pouco legível no canto inferior direito [R. Goutie?]. Pintura reentelada e restauros antigos. Trabalho com moldura dourada em madeira e gesso, com a parte frontal ondulada e vazada, ornada com concheados, ramagens florais e vegetalistas.

Dim: 50,5x76,7 cm (Óleo)

Dim: 65,5x90,8 cm (Moldura)

Pintura 150,0 €
0487.8
Lote 0669

BILHETEIRA DE BORDO RECORTADO

Em prata portuguesa, trabalho do séc. XIX-XX. Corpo liso de formato circular de covo acentuado, assente sobre pés recortados e vazados, decorados com motivos vegetalistas e volutas com términos em enrolamento. Aba decorada com grinaldas de motivos florais em relevo.

Sinais de uso e ínfimos opados.

Contraste: Javali (II) - Marca de garantia da prata do toque 0,833, usada na contrastaria de Lisboa de 1887-1937.

Peso aprox: 863,3 gr.

Alt: 4 cm

Diâm: 40 cm

Prata 430,0 €
0144.8
Lote 0668

PRATO

Em faiança portuguesa, moldada e relevada, fabrico atribuível a Coimbra, trabalho do séc. XX. Corpo de formato circular de covo acentuado, decorado em tons de verde, castanho, rosa, azul e negro sobre fundo branco, tendo ao centro composição de galo. Aba decorada por volutas e perolados, encimados por faixa e friso concêntrico. Sinais de uso e algumas esbeiçadelas acentuadas no vidrado do bordo.

Diam: 38 cm

Faiança 75,0 €
1182.7
Lote 0667

COLAR DE PÉROLAS COM FECHO MODERNISTA

De fiada única com fecho em ouro branco escovado (19,2k), com as respectivas marcas de garantia do toque 0,800, trabalho português do séc. XX-XX. Corpo constituído por fiada única com setenta e duas (72) pérolas, enfiadas em fio sintético com término em fecho modernista em ouro branco escovado, ladeado por duas faixas concêntricas cravejadas no seu total com vinte (20) diamantes em talhe de brilhante com cerca de 0,01 (ct) cada. Sinais de uso.

Contraste: Cabeça de Veado - Marca de garantia do ouro do toque 0,800, usada na contrastaria do Porto desde 1985.

Peso total aprox: 25,2 gr.

Compr: 50 cm

 

Ouro 350,0 €
0594.8
Lote 0662

CANECA PARA ÁGUA

Em prata portuguesa, trabalho do séc. XX-XXI. Corpo bojudo, decorado por caneladuras verticais de movimento espiralado, assente sobre base repuxada de formato circular com a mesma decoração. Pega lateral recortada e vazada em voluta com términos em enrolamento. Sinais de uso.

Contraste: Águia 835 - Marca de garantia da prata do toque 0,835, usada na contrastaria do Porto desde 1985.

Peso aprox: 758,6 gr.

Alt: 24,5 cm

Prata 380,0 €
0508.8
Lote 0650

ANEL DE SENHORA

Em ouro branco contrastado (19,2 k), com as respectivas marcas de garantia do toque 0,800, trabalho português do séc. XX. Aro liso, encimado por enrolamentos vegetalistas, cravejados no seu total com dez (10) diamantes de talhe antigo dito “rosinhas” com término em pérola. Sinais de uso.

Contraste: Formiga - Marca de garantia do ouro branco do toque de 0,800, usada na contrastaria de Lisboa de 1938 a 1984. Contraste: Cabeça de Galo - Marca destinada a objectos de joalharia, usada na contrastaria do Porto de 1938 a 1984.

Peso total aprox: 3,8 gr.

Med: 11

Ouro 170,0 €
1157.8
Lote 0639

AÇUCAREIRO

Em prata portuguesa, trabalho do séc. XX. Corpo de formato elíptico, decorado por faixa concêntrica com caneladuras verticais de movimento convexo, formando um padrão gomado repetitivo, assente sobre base oval estriada. Tampa moldurada em dégradé com pomo em forma de flor. Pegas laterais recortadas e vazadas em voluta com términos em enrolamento. Sinais de uso.

Contraste: Águia 833 - Marca de garantia da prata do toque 0,833, usada na contrastaria de Lisboa de 1938-1984.

Peso aprox: 600,6 gr.

Dim: 14x9x18,5 cm

Prata 300,0 €
0535.8
Lote 0636

BILHETEIRA DE GRADINHA

Em prata portuguesa, trabalho do séc. XX. Fundo parcialmente liso de formato circular, decorado por faixa concêntrica com enrolamentos vegetalistas interligados entre si, assente sobre pés zoomórficos. Gradinha recortada, vazada e serrilhada, decorada por flores estilizadas, ladeadas por volutas, formando um desenho repetitivo. Sinais de uso.

Contraste: Águia 833 - Marca de garantia da prata do toque 0,833, usada na contrastaria do Porto de 1938-1984.

Peso aprox: 626 gr.

Alt: 4 cm

Diâm: 27,7 cm

Prata 300,0 €

Newsletter

Subscreva a Newsletter da Leiloeira Serralves para receber no seu e-mail todas as novidades, promoções e datas de Leilões.