Leilão Junho 2019

Arte Sacra, Mobiliário, Pratas e Ouro, Porcelanas, Faianças, Pintura, Biblioteca, Vinhos e Objectos de Coleccionismo.

Seleccionar o nº do Lote para aceder a toda informação relativa ao artigo (Notas e fotos adicionais)

Horários

Exposição
Dias 5, 6, 7, 8 de Dezembro 2019 das 15:00/20:00 - 21:00/24:00
 
Leilão
1ª Sessão 
10 de Dezembro 2019 ás 21:30
( Lote 0001 - 0420 )
 
2ª Sessão 
11 de Dezembro 2019 ás 21:30 
( Lote 0421 - 0839 )
 
3ª Sessão
12 de Dezembro 2019 ás 21:30 
( Lote 0840 - 1207 )
 
 

Ordem de Compra

Formulario
Online  

Ordem de Compra por Telefone

Só aceitamos ordens de compra por telefone para valores de base iguais ou superiores a 50,00€

0408

Leilao: Retirados Dezembro 2019
Categoria: Pintura
Preco Base: 15.000,0 €

MANUEL CARGALEIRO (1927)

MOI JE T'ATTENDS” – Acrílico sobre tela, em tons de azul, verde e branco, trabalho do séc. XX. Obra assinada e datada no canto inferior esquerdo [CARGALEIRO // 1966]. Verso da tela, com o título da obra e assinado pelo cunho do artista [MOI JE T'ATTENDS // MANUEL CARGALEIRO // PARIS – 1966]. Trabalho com moldura em madeira lacada a negro.

Dim: 81X60 cm (Acrílico)

Dim: 105,1 x84 cm (Moldura)

 

Nota: Manuel Alves Cargaleiro – Pintor abstracto de vivo cromatismo e notável ceramista de renome Internacional. Nascido em 1927 em Vila velha de Ródão, distrito de Castelo Branco. Com inúmeras exposições nacionais e internacionais, pode-se destacar a sua participação no The Second Internacional Contemporary Art Fair em Londres, 1985; na Feira Internacional de Arte Contemporânea (FIAC 82); na exposição da Colecção Mário Soares no Museu do Chiado, 1996; e na exposição Les Trente Ans de la Galerie Jacob na Galerie Jacob em Paris, 1996. Foi agraciado com a Ordem da Cruz de Santiago da Espada pelo Presidente da República Portuguesa, e com o Grau de Officier des Arts et des Lettres pelo Governo Francês. Em 1990 constitui a Fundação Manuel Cargaleiro. A sua obra dispersa-se pela cerâmica, pintura, gravura, guache, tapeçaria e desenho, tendo executado painéis cerâmicos para o Jardim Municipal de Almada, fachada da Igreja de Moscavide  (1956), fachada do Instituto Franco-Português de Lisboa  (1983), estação do Metro de Champs Elysées-Clémenceau, de Paris  (1995), painel para a escola com o seu nome no Seixal  (1998), estação de serviço de Óbidos na auto-estrada do Atlântico (2000), fonte do Jardim Público de Castelo Branco  (2004) e estação de metro de Lisboa Colégio Militar/Luz (Metro de Lisboa). Representado no Museu de Arte Contemporânea, Museu Soares dos Reis, entre outros. Ref. Biog. Dicionário de Pintores e Escultores Portugueses. [pág. 38 e 39] // Michael Tannock. [pág.38].

AddThis Social Bookmark Button
Voltar

Newsletter

Subscreva a Newsletter da Leiloeira Serralves para receber no seu e-mail todas as novidades, promoções e datas de Leilões.