Leilão Dezembro 2018

Arte Sacra, Mobiliário, Pratas e Ouro, Porcelanas, Faianças, Pintura, Biblioteca, Vinhos e Objectos de Coleccionismo.

Seleccionar o nº do Lote para aceder a toda informação relativa ao artigo (Notas e fotos adicionais)

Horários

Exposição
Dias 6,7 e 8 de Dezembro das 15:00/20:00 - 21:00/24:00
Dia 9 de Dezembro das 15:00/19:00
Leilão
1ª Sessão 11 de Dezembro 2018 ás 21:00
2ª Sessão 12 de Dezembro 2018 ás 21:00
3ª Sessão 13 de Dezembro 2018 ás 21:00
 

Ordem de Compra

Formulario
Online  

Ordem de Compra por Telefone

Só aceitamos ordens de compra por telefone para valores de base iguais ou superiores a 50,00€

  • Leilao
  Lote Descricao Categoria Preco Base
1089.5
Lote 1304

JÚLIO DE SOUSA – {DUAS PARTITURAS ORIGINAIS ESCRITAS EM PAUTA}

Uma (1) partitura para piano {Oiço falar de amor // Canção // Letra e Musica de Júlio de Sousa}. Pautas de duas linhas, escritas a tinta permanente de tons negros, com notas musicais, chamada de sistema para instrumentos de teclado. Exemplar com texto em português e francês.

Uma (1) partitura para piano {Flores de Papel // Valsa // Letra e Musica de Júlio de Sousa}. Pautas de duas linhas, escritas a tinta permanente de tons negros, com notas musicais, chamada de sistema para instrumentos de teclado. Exemplar com texto em português e francês.

Literatura 10,0 €
1242.2
Lote 1230

ALMADA NEGREIROS

Propriedade e Edição da Câmara Municipal de Aveiro. Novembro de 2001 / Janeiro de 2002. In-4º gr.de 202-II págs. E. Exposição retrospectiva da obra de Almada Negreiros, integrada no ciclo "Arte do Século”. Comissariado Científico: José Sommer Ribeiro, José Afonso de Almada Negreiros e Maria de Lurdes Ferreira. Edição com texto em português e inglês de muito cuidada execução gráfica, em papel de excelente qualidade, profusamente ilustrado a negro e a cores, na sua maioria de página inteira, com mais de cem obras reproduzidas de Almada Negreiros, figura ímpar no panorama artístico português do século XX. Encadernação editorial de capas rígidas, com dizeres na lombada e pasta da frente, protegida com sobrecapa. Obra em bom estado de conservação, com uma tiragem limitada de 1500 exemplares. INTERESSANTE EXEMPLAR.

Literatura 30,0 €
1243.2
Lote 1196

AUGUSTO GOMES

Exposição na Galeria Nave da Câmara Municipal de Matosinhos. 10 de Junho a 15 de Agosto de 2000. Organização da Câmara Municipal de Matinhos. In-4º gr.de 255-VII págs. E. Edição de muito cuidada realização gráfica, em papel encorpado, profusamente ilustrado a cores e a negro, com mais de 130 reproduções de trabalhos do pintor Augusto Gomes, em folhas à parte e de página inteira. Texto de Laura Castro. Direcção gráfica de Armando Alves. Fotografia de Guilherme Caramelo. Encadernação editorial de capas rígidas, revestidas a tela em tons de verde-claro, com sobrecapa de protecção policromada. Bem conservado. BELO EXEMPLAR.

Literatura 30,0 €
1070.6
Lote 1156

CORRÊA (MANUEL NUNES) – MOURA GIRÃO. 1840 – 1916.

Edição do autor. Lisboa. 1983. [Composto e Impresso nas Oficinas Gráficas Brás Monteiro]. In-4º de 170-VI págs. E. Magnifica obra sobre o grande pintor animalista, numa edição de boa qualidade gráfica, em bom papel e com reproduções a negro e a cores da parte mais significativa da obra do pintor, pelo que é obra recomendável, se não indispensável, aos coleccionadores de arte. Tiragem limitada a 1500 exemplares. Encadernação editorial de capas rígidas com dizeres a ouro na lombada e pasta da frente. Pasta da frente com um retrato às cores de Moura Girão. Bem conservado. BELO EXEMPLAR.

Literatura 10,0 €
1091.5
Lote 1151

PINTORES PORTUGUESES – {TRÊS OBRAS}

EXPOSIÇÃO RETROSPECTIVA DA OBRA DO PINTOR EMMÉRICO NUNES. Palácio Foz / Lisboa, Março de 1972. In-8º gr.de 126 páginas inumeradas B. Catálogo impresso em papel de qualidade e encorpado, profusamente ilustrado a negro em folhas separadas do texto, com muitas dezenas de trabalhos do pintor, ilustrador e caricaturista português, Emmerico Hartwich Nunes. Capas de brochura cartonadas, com sobrecapa de protecção ilustrada. Exemplar com o miolo bem conservado, apresentado a sobrecapa de protecção com leves picos de oxidação. ESTIMADO.

EXPOSIÇÃO RETROSPECTIVA E DE HOMENAGEM AO MESTRE-PINTOR JÚLIO RAMOS. Salão Silva Porto, Dezembro 1943. In-8º gr.de 59-I págs. B. Textos de Júlio Brandão, Acácio Lino, João Jorge Maltieira, Joaquim Lopes, Mendes Corrêa, Gaspar Baltar, Joaquim Costa, Pedro Vitorino, Alberto Sousa, Diogo de Macedo, Adriano de Sá, Sousa Costa, Manoel Monterroso, entre outros. Exemplar razoável estado de conservação. POUCO VULGAR.

VITORINO (PEDRO) – O PINTOR J. VITORINO RIBEIRO. I - ESTUDOS E ESBOCETOS (COM 25 ILUSTRAÇÕES). Pôrto. 1934. In-8º gr.de 39-V páginas de texto + [XXV estampas]. B. Catálogo ilustrado a negro com 25 obras do artista em folhas separadas do texto. Obra com assinatura de posse na folha da guarda. Bem conservado. BELOS EXEMPLARES.

Literatura 20,0 €
1097.5
Lote 1149

PORCELANA / FAIANÇA – {QUATRO OBRAS}

A MAJÓLICA NO REINO DE NÁPOLES DO SÉCULO XV AO SÉCULO XVIII. Museu Nacional do Azulejo. Lisboa, Capital Europeia da Cultura’94. Electa. In-4º peq.de 83-I págs. B. Interessante catálogo de uma belíssima exposição da cerâmica majólica napolitana, cujos admiráveis e exuberantemente coloridos espécimes vêm reproduzidos a cores. Bem conservado.

PORCELANA EUROPEIA : RESERVAS DO PALÁCIO NACIONAL DA AJUDA. Fundação Calouste Gulbenkian. Lisboa. 1987. In-4º peq.de 181-I págs. B. Catálogo da exposição temporária no Museu Calouste Gulbenkian da colecção de porcelana europeia do Palácio Nacional da Ajuda de que constam peças provenientes da Alemanha, Áustria, Boémia, Dinamarca, Espanha, França, Holanda, Hungria, Inglaterra, Itália e Portugal, acrescentado com um índice de marcas e um glossário. Ilustrado às cores nas páginas do texto. Bem conservado.

CALADO (RAFAEL SALINAS) – FAIANÇA PORTUGUESA DA CASA-MUSEU GUERRA JUNQUEIRO : SÉCULO XVII-XVIII. Câmara Municipal do Porto. 2003. In-8º gr.de 112-IV págs. B. Edição com texto em Português e Inglês, ilustrado com belíssimas peças de faiança Portuguesa, existentes na Casa-Museu Guerra Junqueiro. Bem conservado.

PORCELANAS ORIENTAIS DA COLECÇÃO DO MUSEU CONDES DE CASTRO GUIMARÃES. Textos de Maria Manuela de Oliveira Mota. Fundação Oriente. Câmara Municipal de Cascais. In- {4º} ou oblongo de 86-II págs. E. Belo catálogo, impresso em papel de qualidade, Ilustrado com numerosas estampas fotográficas a cores, reproduzindo interessantes peças de porcelana oriental. Encadernação editorial de capas rígidas, revestidas a tecido de tons azuis, com sobrecapa de protecção policromada. Bem conservado.

Literatura 20,0 €
0142.5
Lote 1086

LEVI GUERRA (DUAS OBRAS)

PAISAGEM CAMPESTRE” – Aguarela sobre papel, com vista de planície, arvoredo e zona montanhosa. Obra assinada e datada no canto inferior direito [Levi Guerra // 84]. Trabalho não emoldurado.

MATERNIDADE” – Aguarela sobre papel, assinada e datada no canto inferior direito [Levi Guerra // 4/6/89]. Trabalho não emoldurado.

Dim: 24,7x34,8 cm (Paisagem campestre)

Dim: 41,9x29,5 cm (Maternidade)

Pintura 10,0 €
0171.5
Lote 1084

LITERATURA INFANTIL / JUVENIL E BANDA DESENHADA

Colecção constituída por trinta e um (31) exemplares, no qual passamos a descrever os seguintes: [2] Revistas – {FLASH GORDON}. [1] Revista – {TARZAN}. [1] Revista – {O TICO}. [1] Revista – {FLECHA DE PRATA}. [1] Revista – {FAÇANHAS DO OESTE}. [1] Revista – {O PRÍNCIPE CABEÇA DE CÃO / Colecção Manecas}. [1] Revista – {PRIMEIRA AVENTURA NO PAÍS DO JOÃO}. [1] Revista – {KALAR}. [1] Revista – {HIPER DISNEY}. [1] Volume – {A QUINTA / KIDIDOC}. [2] Volumes – {LUCKY LUKE}. [2] Volumes – {UMA AVENTURA DE ASTÉRIX O GAVLÊS}. [2] Volumes – {STORM}. [1] Volume – {TAAR O REBELDE}. [2] Volumes – {OS CINCO EM BANDA DESENHADA}. [9] Volumes – {COLECÇÃO CAVALINHO / Editora Verbo}. [1] Volume – {UNE AVENTURE Dʼ IDÉFIX LA MASCOTTE Dʼ ASTERIX ET Dʼ OBELIX / Edição Francesa}. [1] Volume – {LE VIEUX NICK ET BARBE-NOIRE / Edição Francesa}. Exemplares com sinais de manuseamento, possíveis faltas e defeitos.

Literatura 5,0 €
1252.2
Lote 1069

CATÁLOGOS DE ARTE PORTUGUESA – {NOVE VOLUMES}

CATÁLOGO DA EXPOSIÇÃO DE CERÂMICA ULISSIPONENSE DOS FINS DO SÉCULO XVI AOS PRINCÍPIOS DO SÉCULO XIX. Câmara Municipal de Lisboa. Julho 1936. In-4º peq.de 58-II páginas de texto e [20] estampas. B. Catálogo ilustrada em folhas separadas do texto, com dezenas de invulgares e valiosas peças de faiança e porcelana, em folhas à parte. Bem conservado.

CATÁLOGO ● OBRAS DIVERSAS. Museu Nacional de Soares dos Reis. Palácio dos Carrancas. Porto. [1956]. In-8º gr.de 160 páginas inumeradas. B. Catálogo profusamente ilustrado a negro e a cores, com dezenas de obras de arte de pintura, escultura, faiança, ourivesaria, tapeçaria e arte sacra, impressas em folhas à parte. Exemplar com as capas de brochura ligeiramente cansadas.

COLECÇÃO LÁZARO DE NOVA IORQUE. CATÁLOGO DA EXPOSIÇÃO. 2ª Edição. Lisboa, Junho de1945. [Comp. e Imp. na Tipografia da Emprêsa Nacional de Publicidade]. In-4º de 57-III páginas e [41] estampas. B. Catálogo profusamente ilustrado a negro com raras e valiosíssimas peças de arte, em folhas separadas do texto e de página inteira. Exemplar com as capas de brochura um pouco cansadas, com mais incidência, na lombada.

INFLUÊNCIAS DO ORIENTE NA ARTE PORTUGUESA CONTINENTAL : A ARTE NAS PROVÍNCIAS PORTUGUESAS DO ULTRAMAR.

Museu Nacional de Arte Antiga. Lisboa. 1957. In8º gr.de 53-III páginas e [32] estampas. B. Comissão organizadora do III Colóquio Internacional de Estudos Luso-Brasileiros. Exposição organizada sob o patrocínio do Instituto de Alta Cultura da Junta de Investigações do Ultramar e da Direcção Geral do Ensino Superior e das Belas Artes. Catálogo profusamente ilustrado a negro em folhas à parte, com peças de mobiliário, ourivesaria, marfins, faiança, etc. Exemplar com alguns picos de acidez na capa de brochura.

CATÁLOGO DA I EXPOSIÇÃO DE ARTE NATURALISTA PORTUGUESA NA SOCIEDADE NACIONAL DE BELAS ARTES. Lisboa 6 a 15 de Junho de 1941. Secretariado da Propaganda Nacional. Lisboa. 1941. In-4º peq.de 47-I págs. B. Exposição integrada no 1.º Congresso Nacional de Ciências Naturais. Aliou-se a Ciência à Arte, com o intuito de “(…) recordar aos artistas que a natureza lhes está oferecendo, a cada instante, motivos de peregrina beleza, e que é tempo de se reatar a honra e brilhante tradição que imortalizou os Mestres Portugueses (…)”. Bem conservado.

CATÁLOGO DO MUSEU DE MARTINS SARMENTO. Secção de Arte. Guimarães. 1967. In-8º gr.de 23-III págs. B. Obra ilustrada a negro, em folhas separadas do texto e de página inteira. Capas de brochura um pouco manchada na parte inferior.

CATÁLOGO DO MUSEU DE MARTINS SARMENTO. Secção de Etnografia. Guimarães. 1967. In-8º gr.de 23-III págs. B. Obra ilustrada a negro, em folhas separadas do texto e de página inteira. Capas de brochura ligeiramente cansadas.

EXPOSIÇÃO RETROSPECTIVA DA OBRA DE SILVA PORTO NO CENTENÁRIO DO SEU NASCIMENTO.Museu Nacional de Soares dos Reis. Porto. 1950. In-4º peq.de 28-II páginas e XXXIV estampas. B. Catálogo profusamente ilustrado a negro com mais de 50 obras do grande pintor Portuense do século XIX. Exemplar com as capas de brochura ligeiramente cansada

CASA-MUSEU TEIXEIRA LOPES : GALERIAS DIOGO DE MACEDO. Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia. [Rocha /Artes Gráficas. Vila Nova de Gaia. 1978]. In-8º gr.de 197-V págs. B. Catálogo com a relação das obras e textos biográficos dos artistas representados na Casa-Museu Teixeira Lopes. Ilustrado em folhas à parte. Ilustrado a cores e anegro em folhas separadas do texto. Capas de brochura ligeiramente cansadas. BELA COLECÇÃO DE ARTE PORTUGUESA.

Literatura 20,0 €
0121.5
Lote 1055

SENTIDO QUE A VIDA FAZ : ESTUDOS PARA ÓSCAR LOPES

Coordenação de Ana Maria Brito, Fátima Oliveira, Isabel Pires de Lima e Rosa Maria Martelo. Campo das Letras Editores, S. A. Porto. 1997. In-4º de 910-II págs. E. Primeira edição, desta importante biobibliografia de Óscar Lopes, figura notável da literatura Portuguesa. Obra colectiva com uma antologia de 88 ensaios e comunicações dos mais eminentes autores e escritores contemporâneos. Ilustrado com retrato de meio-corpo de Óscar Lopes de página inteira. Encadernação editorial de capas rígidas, com sobrecapa de protecção. Exemplar bem conservado, apresentando leves picos de acidez na sobrecapa de protecção. BOM EXEMPLAR.

Literatura 10,0 €
0406.5
Lote 0984

RELÓGIO DE PAREDE

Em madeira de mogno maciço com partes recortadas, entalhadas e torneadas, trabalho português do séc. XX. Corpo de formato rectangular alto de topo recortado com laterais e porta frontal envidraçada, decorada por colunas torneadas com aplicações em metal, assentes sobre capitéis invertidos em madeira, encimados por rosetas em metal com término em friso transversal entalhado com perolados. Máquina de movimento mecânico accionado por corda manual. Mostrador em metal com faixa concêntrica em tons de dourado com numeração Árabe a negro. A funcionar. Sinais de uso.

Dim: 60x27,5x15,7 cm

Relógios 40,0 €
0091.5
Lote 0925

CAIXA PARA TABACO

Em prata portuguesa, trabalho do séc. XIX-XX. Corpo de formato rectangular ao baixo com tampa de movimento ascendente e descendente com suporte interior para as respectivas mortalhas. Decoração com caneladuras transversais em alto e baixo-relevo, formando um desenho repetitivo. Sinais de uso e pequenas amolgadelas.

Contraste: Javali (II) - Vidal Nº 83. Marca de garantia aproximada da prata do toque 0,833, usada na contrastaria do Porto de 1887-1937, nos objectos de pequenas dimensões.

Peso aprox: 85,7 gr.

Dim: 1,7x7,5x8,6 cm

Prata 35,0 €
0905.5
Lote 0913

PENDENTE COM SIGNO DO ZODÍACO

Em ouro amarelo contrastado (19,2 k), com as respectivas marcas de garantia do toque 0,800, trabalho português do séc. XX. Corpo recortado em pedra dura em tons de negro, decorado ao centro com o signo balança em tons de azul e no verso o período que lhe faz referência no zodíaco [24 de Setembro a 23 de Outubro], ladeado por aro e argola de suspensão em ouro amarelo. Sinais de uso.

Contraste: Cabeça de dragão - Vidal Nº 26. Marca de garantia do ouro do toque 0,800, usada na contrastaria do Porto de 1938-1984.

Peso total aprox: 4,1 gr.

Compr: 4,1x1,8 cm

Ouro 45,0 €
0351.5
Lote 0871

JOÃO REIS (1899-1982)

TRECHO DE ALDEIA/RURAL?” – Óleo sobre madeira, com vista de casarios, rua, três figuras femininas sentadas junto a escadaria e outra em pé sobre degrau em frente à porta de entrada. Obra assinada e datada no canto inferior direito [João Reis // 1937?]. Interessante trecho rústico de João Reis, nesta paleta cheia de luz e cor, filho e discípulo de Carlos Reis, aonde se distingui sobretudo como paisagista, trechos campestres e rurais. Pintura a necessitar de limpeza, apresentando leves desgastes na superfície pictórica, junto ao passe-partout da moldura devido à placa de madeira se encontrar um pouco solta. Moldura da época em madeira dourada e patinada.

Dim: 49,9x31,5 cm (Pintura)

Dim: 70,4x52,6 cm (Moldura)

Pintura 3.500,0 €
0352.5
Lote 0865

MANUEL ALCINO” – TERRINA DE BORDO RECORTADO COM TAMPA

Em prata portuguesa, trabalho do séc. XX. Corpo bojudo de formato circular com duas pegas laterais recortadas e vazadas com términos em enrolamentos vegetalistas, assente sobre base moldurada e recortada, decorada no bordo com volutas em relevo, enrolamentos vegetalistas e frisos perolados. Tampa moldurada e repuxada com pomo em forma de flor, ladeada por ramagens. Sinais de uso.

Contraste: Águia 833 - Vidal Nº 49. Marca de garantia da prata do toque 0,833, usada na contrastaria do Porto de 1938-1984. Marca de Ourives do Porto - Vidal Nº 2834 de Manuel Alcino de Carvalho Moutinho, registada em 1935, transferida para Manuel Alcino Figueiredo Moutinho em 1936 e cancelada em 1987.

Peso aprox: 2.683,9 gr.

Alt: 26 cm

Diâm: 27,3 cm

Prata 1.100,0 €
0354.5
Lote 0861

MANUEL ALCINO” – PRATO COBERTO DE BORDO RECORTADO

Em prata portuguesa, trabalho do séc. XX. Corpo parcialmente liso de formato circular, decorado no bordo por faixa concêntrica recortada com volutas em relevo com términos em enrolamento, intercaladas por aletas e frisos perolados, formando um desenho repetitivo. Tampa em forma de campânula com a mesma decoração e pega amovível, recortada e vazada. Sinais de uso e bordo da tampa com amolgadelas.

Contraste: Águia 833 - Vidal Nº 49. Marca de garantia da prata do toque 0,833, usada na contrastaria do Porto de 1938-1984. Marca de Ourives do Porto - Vidal Nº 2834 de Manuel Alcino de Carvalho Moutinho, registada em 1935, transferida para Manuel Alcino Figueiredo Moutinho em 1936 e cancelada em 1987.

Peso aprox: 1.566,5 gr.

Alt: 13 cm

Diâm: 29 cm

Prata 620,0 €
0721.5
Lote 0847

SERVIÇO DE CHÁ E CAFÉ COM TABULEIRO

Em prata portuguesa, trabalho do séc. XX. Este conjunto é constituído por um tabuleiro, cafeteira, bule de chá, açucareiro e leiteira. Corpos de formato bojudo, ricamente decorados com medalhões repuxados ao centro, ladeados por aletas, concheados em relevo, enrolamentos vegetalistas e perolados sobre fundo cinzelado, assentes sobre bases circulares molduradas. Bicos recortados com terminais em cabeça de cisne. Pegas recortadas e vazadas em voluta, decoradas com enrolamentos vegetalistas. Tabuleiro de formato oval, decorado no fundo por faixa concêntrica recortada e gravada com enrolamentos vegetalistas intercalados por volutas, formando um desenho repetitivo. Aba decorada com medalhões repuxados ao centro, ladeados por aletas em relevo, enrolamentos vegetalistas e perolados sobre fundo cinzelado. Tabuleiro com duas pegas laterais, recortadas e vazadas em voluta, decoradas interiormente por enrolamentos vegetalistas. Sinais de uso.

Contraste: Águia 833 - Vidal Nº 49. Marca de garantia da prata do toque 0,833, usada na contrastaria do Porto de 1938-1984. Marca de Ourives do Porto de Manuel da Silva Sousa Oliveira, registada em 1952.

Peso aprox: 5.219,8 gr.

Alt: 23,5 cm (Cafeteira)

Alt: 19,5 cm (Bule de chá)

Alt: 16 cm (Açucareiro)

Alt: 14 cm (Leiteira)

Dim: 44x64,3 cm (Tabuleiro)

Prata 2.350,0 €
1208.3
Lote 0841

CORRENTE DE RELÓGIO

Em ouro amarelo contrastado (19,2 k), com as respectivas marcas de garantia do toque 0,800 (II) pauzinhos, trabalho português do séc. XIX-XX. Corpo constituído por elos batidos de formato rectangular, intercalados por medalhões recortados e vazados, ornados por finas caneladuras e enrolamentos, encimados por faixas sobrepostas em [X], com términos em flor, formando um desenho geométrico repetitivo. Centro recortado em forma de caixa, decorada com enrolamentos vegetalistas em relevo com término em pedra dura em tons de vermelho. Sinais de uso e aro do verso da caixa omisso.

Contraste: Cabeça de tigre (II) - Vidal Nº 17. Marca de garantia aproximada do ouro do toque de 0,800, usada na contrastaria do Porto de 1887-1937.

Peso total aprox: 21,6 gr.

Dim: 2,7x29 cm

Ouro 750,0 €
0845.5
Lote 0839

CINCO MARCADORES DE MESA DE JANTAR

Em prata portuguesa, trabalhos do séc. XX. Corpos lisos de formato circular de covo acentuado, decorado no bordo por friso concêntrico de gordões, formando um desenho repetitivo. Sinais de uso.

Contraste: Águia 916 - [1º título] - Vidal Nº 45. Marca de garantia da prata do toque 0,916, usada na contrastaria de Lisboa de 1938-1984.

Peso aprox: 4.391 gr.

Diâm: 29,5 cm

Prata 2.000,0 €
0867.5
Lote 0837

RELÓGIO DE PULSO PARA HOMEM “CYMA”

Caixa e braceletes em ouro amarelo contrastado (19,2 k), com as respectivas marcas de garantia do toque 0,800, trabalho português do séc. XX-XXI. Caixa de formato circular, ladeada por faixa recortada de movimento ondulado com coroa lateral facetada. Braceletes maleáveis constituídas por elos verticais de formato semicircular, interligados entre si, formando um desenho geométrico repetitivo. Tampa do verso com inscrições incisas “Cyma - Since 1862”. Número de série - 9620001 e as respectivas marcas de garantia do ouro do toque 800. Relógio de fabrico suíço de marca “Cyma”, trabalho do séc. XX-XXI. Máquina accionada por movimento de quartzo com numeração interior - 9620001. Mostrador em tons de branco com numeração Romana a dourado, ladeada por friso concêntrico, ponteiro dos segundos, calendário posicionado na parte lateral junto à coroa e inscrições a negro “Cyma - Quartz - Swiss”. A funcionar.

Contraste: Cabeça de veado - Vidal Nº 4093. Marca de garantia do ouro do toque 0,800, usada na contrastaria do Porto desde 1985. Uma cabeça de veado voltada para a esquerda, tendo na base o número 800. Marca de Ourives de Rio Tinto (Gondomar) de Vitor Manuel Martins Nogueira, registada no Porto em 1985 e transferida em 1988 para Vitor Manuel Martins Nogueira Ld.ª.

Peso total aprox: 64 gr.

Diâm: 3,1 cm (Caixa)

Compr: 20 cm

Ouro 1.500,0 €
0886.5
Lote 0836

PRATO

Em faiança portuguesa do norte, moldada e relevada, fabrico atribuível a Darque - Viana, trabalho do séc. XIX. Corpo de formato circular de covo acentuado, decorado a vinoso sobre fundo branco, tendo ao centro arranjo floral. Aba decorada por faixas concêntricas, ladeadas por frisos de movimento ondulado, intercalados por perolados, formando um desenho repetitivo. Sinais de uso, cabelo, aba partida e colada.

Diâm: 36,6 cm

Faiança 120,0 €
0766.5
Lote 0833

ALFINETE / PENDENTE DE SENHORA

Em ouro branco contrastado (19,2 k), com as respectivas marcas de garantia do toque 0,800, trabalho português do séc. XX. Corpo recortado e vazado, decorado ao centro por uma flor, ladeada por ramagens estilizadas e enrolamentos, cravejados no seu total com cerca de sessenta e três (73) diamantes de talhe antigo dito “Rosinhas” e um (1) diamante central em talhe de brilhante com cerca de 0,10 (ct), com términos em pendentes, cravejados com duas (2) pérolas.

Contraste: Formiga - Vidal Nº 33. Marca de garantia do ouro branco do toque 0,800, usada na contrastaria do Porto de 1938-1984. Contraste: Cabeça de galo - Vidal Nº 110. Marca destinada a objectos de joalharia usada na contrastaria do Porto de 1938-1984.

Peso total aprox: 14,8 gr.

Diâm: 4,3x4 cm

Ouro 500,0 €
0435.6
Lote 0831

RELÓGIO DE PULSO DE SENHORA “CARTIER”

Caixa em Electroplated de 18 K Gold, fabrico suíço de marca “Cartier”, modelo “Tank”, trabalho do séc. XX. Caixa de formato rectangular ao alto de movimento boleado com braceletes em pele em tons de castanho. Tampa do verso com numerações de série e inscrições incisas [15705 - Swiss Made - 5512105 - 25114]. Máquina de movimento mecânico accionado por corda manual com coroa lateral encimada por pedra dura em tons de vermelho. Máquina com inscrição interior incisa [Seventen jewels - unadjusted - Cartier - Swiss]. Mostrador em tons de branco com numeração romana a negro com inscrição no topo “Cartier” e na base “Swiss made”. A funcionar. Sinais de uso e braceletes com desgastes.

Dim: 2,8x2,1 cm (Caixa do relógio)

Objectos de Uso Pessoal 500,0 €
1209.3
Lote 0822

CORRENTE DE RELÓGIO

Em ouro amarelo contrastado (19,2 k) com as respectivas marcas de garantia do toque 0,800 (II), trabalho Português do séc. XIX-XX. Corpo constituído por elos cinzelados de formato circular e oval, interligados entre si, decorados por motivos florais e enrolamentos vegetalistas estilizados, formando um desenho repetitivo. Centro recortado em forma de caixa, decorada ao centro por flor de liz, cravejada com pedraria em tons de vermelho e branco translucido, ladeada por flores em relevo e enrolamentos. Sinais de uso e aro do verso da caixa omisso.

Contraste: Cabeça de tigre (II) - Vidal Nº 17. Marca de garantia aproximada do ouro do toque de 0,800, usada na contrastaria do Porto de 1887-1937.

Peso total aprox: 25 gr.

Dim: 2,8x30 cm

Ouro 850,0 €
1222.2
Lote 0817

CÓMODA D. MARIA

Em madeira de vinhático maciço com forras e molduras em pau-santo com embutidos em madeira de cetim, trabalho português do séc. XIX. Tampo liso de formato rectangular, ornado por molduras em esquadria que acompanha as linhas da caixa, constituída por três gavetas superiores, sendo a central de dimensões mais reduzidas e três gavetões inferiores, decorados por puxadores torneados com embutidos ao centro em osso e escudetes em pau-santo, assente sobre pés recortados. Boa patine e bonita vergada de madeira. Sinais de uso e restauros antigos.

Dim: 101,5x127x60,4 cm

Mobiliário 250,0 €
0831.4
Lote 0810

RELÓGIO DE PULSO PARA HOMEM

Caixa em aço polido, fabrico “Frederique Constant – Geneve”, modelo Highlife Moonphase Chronograph, fabrico suíço do séc. XX. Caixa em aço polido de formato circular com coroa lateral com duas posições para acerto de horas e calendário, ladeada por dois pulsores para comando do cronógrafo. Aro do verso com inscrições incisas - Frederique Constant - Swiss Made - All Stainless Steel Case - 10 ATM - FC395X4H5/6 - Modele Depose - Sapphire. Mostrador em tons de beije com cronógrafo às 12 horas e fases da lua às 6 horas, ladeados por numeração Árabe a negro, ponteiro dos segundos, calendário e inscrição na lateral esquerda “Frederique Constant - Geneve”. Bracelete original em couro em tons de castanho. A funcionar. Sinais de uso e desgaste acentuado na bracelete.

Diâm: 4,3 (Caixa)

Relógios 1.000,0 €
0783.5
Lote 0808

ANEL DE SENHORA

Em ouro amarelo contrastado (19,2 k), com as respectivas marcas de garantia do toque 0,800, trabalho português do séc. XIX-XX. Aro recortado em voluta com términos em figuras femininas desnudas, segurando com ambas as mãos uma faixa vertical recortada, cravejada com três (3) diamantes em talhe de brilhante, tendo o central cerca de 0,20 (ct) e os outros dois com cerca de 0,10 (ct) cada. Sinais de uso e desgastes mas marcas de contrastaria.

Contraste: Cabeça de dragão - Vidal Nº 26. Marca de garantia do ouro do toque 0,800, usada na contrastaria do Porto de 1938-1984. Contraste: Cabeça de galo - Vidal Nº 110. Marca destinada a objectos de joalharia usada na contrastaria do Porto de 1938-1984.

Peso total aprox: 11,6 gr.

Med: 15

Ouro 700,0 €
0715.5
Lote 0806

TERRINA

Em prata portuguesa, trabalho do séc. XX. Corpo batido de formato oval com duas pegas laterais, recortadas e vazadas em voluta, assente sobre base oval moldurada. Tampa com a mesma decoração, encimada por pomo em forma de fruto. Sinais de uso.

Contraste: Águia 833 - Vidal Nº 49. Marca de garantia da prata do toque 0,833, usada na contrastaria do Porto de 1938-1984. Marca de Ourives do Porto - Vidal Nº 1478 de Bernardino Bastos Júnior, registada em 1935 e cancelada em 1982.

Peso aprox: 1.161,4 gr.

Dim: 19,5x14,5x28 cm

Prata 580,0 €
0744.5
Lote 0804

ANEL DE SENHORA

Em ouro amarelo contrastado (19,2 k), com as respectivas marcas de garantia do toque 0,800, trabalho português do séc. XX-XXI. Aro com términos recortados, encimado por três fiadas transversais, cravejadas no seu total com sessenta e três (63) diamantes em talhe de brilhante com cerca de 0,02 (ct) cada. Sinais de uso.

Contraste: Cabeça de veado - Vidal Nº 4092. Marca de garantia do ouro do toque 0,800, usada na contrastaria de Lisboa desde 1985. Uma cabeça de veado voltada para a esquerda, tendo na base o número 800. Contraste: Cabeça de galo - Vidal Nº 4128. Marca aplicada nos artefactos incrustados de pedras preciosas, usada na contrastaria de Lisboa desde 1985. Uma cabeça de galo voltada para a esquerda.

Peso total aprox: 11,2 gr.

Med: 11

Ouro 700,0 €
0843.5
Lote 0795

BULE DE CHÁ

Em prata portuguesa, trabalho do séc. XIX-XX. Corpo de formato oval, decorado por faixas recortadas em degradê com caneladuras verticais convexas, formando um desenho gomado repetitivo. Pega recortada e vazada em voluta com isoladores em matéria sintética. Tampa repuxada com a mesma decoração, encimada por pomo torneado em forma de pináculo. Sinais de uso.

Contraste: Javali (II) - Vidal Nº 73. Marca aproximada da prata do toque 0,833, usada na contrastaria do Porto de 1887-1937. Marca de Ourives do Porto - Vidal Nº 2169 de Júlio Ernesto da Silva, registada em 1896, transferida para Júlio Ernesto da Silva, Filhos & genro em 1932 e posteriormente para José Lino & Cª, cancelada em 1973 e inscrição gravada “Guia - Lisboa”.

Peso aprox: 822,2 gr.

Alt: 21 cm

Prata 400,0 €
0418.5
Lote 0790

MESA DE SALA DE JANTAR DE SEIS PERNAS

Em madeira de nogueira maciça, torneada e moldurada, trabalho português do séc. XIX-XX. Tampo de formato oval decorado por rebaixe assente sobre seis pernas torneadas em forma de balaústre com términos em rodízios e duas tábuas de aumento. Sinais de uso e vestígios de xilófagos.

Dim: 78x117x170 cm (Fechada)

Dim: 78x117x261,5 cm (Aberta)

Mobiliário 200,0 €
0767.5
Lote 0789

ALIANÇA DE SENHORA

Em ouro branco contrastado (18 k), com as respectivas marcas de garantia do toque 0,750, trabalho português de exportação do séc. XX-XXI. Corpo constituído por cinco aros, encimado por faixas recortadas de movimento oblíquo, cravejado no seu total com trezentas e dois (302) brilhantes em talhe de baguete, formando um desenho repetitivo. Sinais de uso.

Contraste: Andorinha – Vidal Nº 4094. Marca de garantia do toque de 0,750, aplicada em artefactos para exportação, usada na contrastaria de Lisboa desde 1985. Uma Andorinha em voo, tendo na base o número 750.

Peso total aprox: 8,1 gr.

Med: 14

Ouro 1.200,0 €
0714.5
Lote 0787

JARRA DE BORDO RECORTADO

Em prata portuguesa, trabalho do séc. XX. Corpo parcialmente liso de formato bojudo, decorado no bojo por faixas concêntricas em dégradé, assente sobre base circular moldurada. Bordo e base, decorados por faixas peroladas, formando um desenho repetitivo. Sinais de uso.

Contraste: Águia 833 - Vidal Nº 49. Marca de garantia da prata do toque 0,833, usada na contrastaria do Porto de 1938-1984. Marca de Ourives do Porto - Vidal Nº2459 de José Luís Pinto, registada em 1932 e cancelada em 1951.

Peso aprox: 680,2 gr.

Alt: 19,7 cm

Prata 340,0 €
0421.5
Lote 0786

VITRINA COM ALÇADO

Em madeira de nogueira maciça, entalhada, torneada e patinada, trabalho português do séc. XX. Corpo envidraçado de formato rectangular ao alto, constituído por uma porta frontal, ricamente decorada por grinaldas florais finamente entalhadas, assente sobre base recortada com duas aberturas laterais com términos em pernas altas torneadas. Corpo ricamente decorado por almofadas utilizadas com elementos decorativos, ladeadas por caneladuras verticais, folhas de acanto e perolados. Alçado recortado de formato arquitectónico, encimado ao centro por florão, finamente entalhado com grinaldas de motivos florais, faixas onduladas e laçarote, ladeado por duas floreiras encimadas por taças e colunas frontais, assente sobre tampo protegido por vidro. Alçado com três sessões espelhadas, ladeadas por folhas de acanto, perolados e rosetas entalhas. Vitrina com costas espelhadas e interior compartimentado por duas prateleiras em vidro. Sinais de uso, tampo superior com um dos cantos frontais partido e uma moldura da floreira omissa.

Dim: 201x94,5x41,5 cm

Mobiliário 250,0 €
0600.5
Lote 0782

PRESA DE ELEFANTE ESCULPIDA

Em marfim esculpido, trabalho colonial português “Arte-indígena” do segundo quartel do séc. XX. Presa decorada no topo por quatro (4) elefantes em fila indiana em posição vertical com as trombas esticadas com término em forma de tronco, ladeado por motivos florais e ramagens. Sinais de uso, partido, colado e pequeno defeito no término de uma presa de um dos elefantes.

Peso aprox: 945,2 gr.

Dim: 79 cm

Nota: Escultura com certificado [ICNB-CITES]

Marfim 120,0 €
0748.5
Lote 0781

ALFINETE / PENDENTE DE SENHORA

Em ouro branco contrastado (19,2 k), com as respectivas marcas de garantia do toque 0,800, trabalho português do séc. XX. Corpo de formato circular, decorado por faixa recortada de movimento ondulado, cravejada com trinta e seis (36) diamantes em talhe de brilhante com cerca de 0,02 (ct) cada, intercalada por doze (12) pérolas. Sinais de uso.

Contraste: Formiga - Vidal Nº 33. Marca de garantia do ouro branco do toque 0,800, usada na contrastaria do Porto de 1938-1984. Contraste: Cabeça de galo - Vidal Nº 110. Marca destinada a objectos de joalharia usada na contrastaria do Porto de 1938-1984.

Peso total aprox: 9 gr.

Diâm: 3,5 cm

Ouro 700,0 €
0762.5
Lote 0777

ALIANÇA DE SENHORA

Em ouro branco e amarelo contrastado (19,2 k), com as respectivas marcas de garantia do toque 0,800, trabalho português do séc. XX-XXI. Aro liso em ouro branco escovado com faixa em ouro amarelo, encimado ao centro por mesa transversal recortada com duas fiadas cravejadas com quatro (4) diamantes em talhe de brilhante com cerca de 0,05 (ct) cada, encimada por um (1) diamante em talhe de brilhante com cerca de 0,20 (ct). Sinais de uso.

Contraste: Cabeça de veado – Vidal Nº 4093 – Marca de garantia do ouro do toque 0,800, usada na contrastaria do Porto desde 1985. Uma cabeça de veado voltada para a esquerda, tendo na base o número 800. Contraste: Cabeça de galo - Vidal Nº 4129. Marca aplicada em artefactos incrustados de pedras preciosas, usada na contrastaria do Porto desde 1985. Uma cabeça de galo voltada para a esquerda.

Peso total aprox:11,2 gr.

Med: 17

Ouro 600,0 €
0787.5
Lote 0773

 

PULSEIRA DE SENHORA

Em ouro amarelo contrastado (19,2 k), com as respectivas marcas de garantia do toque 0,800, trabalho português do séc. XX. Corpo constituído por faixas transversais maleáveis, interligadas a elos recortados e vazados interligados entre si, formando um desenho repetitivo. Sinais de uso.

Contraste: Cabeça de veado - Vidal Nº 4093. Marca de garantia do ouro do toque de 0,800, usada na contrastaria do Porto desde 1985. Uma cabeça de veado voltada para a esquerda, tendo na base o número 800.

Peso total aprox: 11,7 gr.

Compr: 18,5 cm

Ouro 450,0 €
0749.5
Lote 0768

PAR DE BRINCOS

Em ouro amarelo e branco contrastado (19,2 k), com as respectivas marcas de garantia do toque 0,800, trabalhos portugueses do séc. XX-XXI. Corpos recortados em voluta, encimados por faixas verticais de movimento oblíquo, cravejadas no seu total com dez (10) safiras, intercaladas por flores estilizadas. Sinais de uso.

Contraste: Cabeça de veado - Vidal Nº 4092. Marca de garantia do ouro do toque 0,800, usada na contrastaria de Lisboa desde 1985. Uma cabeça de veado voltada para a esquerda, tendo na base o número 800.

Peso total aprox: 11,8 gr.

Dim: 1,5x0,9 cm

Ouro 550,0 €
0695.5
Lote 0764

PENDENTE / PREGADEIRA

Em ouro amarelo contrastado (19,2 k), com as respectivas marcas de garantia do toque 0,800, trabalho português do séc. XX. Corpo recortado e vazado de formato circular, cravejado ao centro por cinco (5) pedras duras em tons de verde, intercaladas por seis (6) pérolas, ladeadas por cercadura de folhas de acanto em relevo, formando um desenho repetitivo. Verso com fecho transversal. Sinais de uso.

Contraste: Cabeça de dragão - Vidal Nº 26. Marca de garantia do ouro do toque 0,800, usada na contrastaria do Porto de 1938-1984. Contraste: Cabeça de Galo - Vidal Nº 110. Marca destinada a objectos de joalharia, usada na contrastaria do Porto de 1938-1984.

Peso total aprox: 12,4 gr.

Diâm: 4 cm

Ouro 280,0 €
0743.5
Lote 0760

ANEL DE SENHORA

Em ouro branco contrastado (19,2 k), com as respectivas marcas de garantia do toque 0,800, trabalho português do séc. XX-XXI. Aro triplo com mesa maleável, decorada por três flores estilizadas, cravejadas com vinte e um (21) diamantes em talhe de brilhante com cerca de 0,01 (ct) cada, ladeadas por pedras duras em tons de roxo e azul translucido. Sinais de uso.

Contraste: Cabeça de veado - Vidal Nº 4093. Marca de garantia do ouro do toque 0,800, usada na contrastaria do Porto desde 1985. Uma cabeça de veado voltada para a esquerda, tendo na base o número 800.

Peso total aprox: 10 gr.

Med: 19

Ouro 500,0 €
0991.5
Lote 0756

PORTA REVISTAS

Em madeira de pau-santo maciço com partes faixeadas, trabalho inglês do séc. XIX-XX. Corpo de formato rectangular ao baixo, constituído por uma gaveta frontal, encimado por montantes em forma de [X] e torneados em forma de balaústres interligados entre si que serve de apoio às revistas, assente sobre pés torneados com términos em copos em metal dourado e rodízios. Sinais de uso, pequenas faltas e defeitos.

Dim: 52x53,5x38,3 cm

Mobiliário 150,0 €
0777.5
Lote 0755

ANEL DE SENHORA

Em ouro branco contrastado (19,2 k), com as respectivas marcas de garantia do toque 0,800, trabalho português do séc. XX-XXI. Aro parcialmente liso, encimado por duas fiadas entrançadas entre si, cravejadas no seu total com trinta e três (33) brilhantes em talhe de baguete. Sinais de uso.

Contraste: Cabeça de veado - Vidal Nº 4093. Marca de garantia do ouro do toque de 0,800, usada na contrastaria do Porto desde 1985. Uma cabeça de veado voltada para a esquerda, tendo na base o número 800. Contraste: Cabeça de galo - Vidal Nº 4129. Marca aplicada nos artefactos incrustados de pedras preciosas, usada na contrastaria do Porto desde 1985. Uma cabeça de galo voltada para a esquerda e marca de ourives do Porto - Vidal Nº 4660 de Ferreira Marques & Irmão, Ld.ª, registada em 1974.

Peso total aprox: 5,9 gr.

Med: 16

Ouro 500,0 €
0756.5
Lote 0751

PAR DE BRINCOS COM PENDENTES

Em ouro amarelo contrastado (19,2 k) e prata (Joalharia), sem marcas aparentemente visíveis (prata), com as respectivas marcas de garantia do toque 0,800 (ouro), trabalhos portugueses do séc. XIX-XX. Corpos superiores de formato tubular, cravejados com dois (2) diamantes de talhe antigo com cerca de 0,10 (ct) cada, com pendentes recortados em forma de flor, cravejados nos aros exteriores com vinte e quatro (24) diamantes de talhe antigo, encimados ao centro por duas safiras. Sinais de uso.

Contraste: Cabeça de tigre (II) - Vidal Nº 17. Marca de garantia aproximada do ouro do toque 0,800, usada na contrastaria do Porto de 1887-1937.

Peso total aprox: 4,5 gr.

Dim: 2x1,2 cm

Ouro 350,0 €
0758.5
Lote 0747

ANEL TRIPLO DE SENHORA

Em ouro amarelo contrastado (19,2 k), com as respectivas marcas de garantia do toque 0,800, trabalho português do séc. XX-XXI. Aros lisos e recortados em voluta, encimados por faixas oblíquas, cravejadas no seu total com nove (9) diamantes em talhe de brilhante com cerca de 0,02 (ct) cada. Sinais de uso.

Contraste: Cabeça de veado - Vidal Nº 4093. Marca de garantia do ouro do toque 0,800, usada na contrastaria do Porto desde 1985. Uma cabeça de veado voltada para a esquerda, tendo na base o número 800. Marca de ourives de Gondomar - Vidal Nº 3087 de Serafim da Cunha Barbosa, registada em 1948, transferida para Albino Américo da Cunha Barbosa em 1982.

Peso total aprox: 6,8 gr.

Med: 20

Ouro 390,0 €
0751.5
Lote 0742

ALIANÇA DE SENHORA

Em ouro branco contrastado (19,2 k), com as respectivas marcas de garantia do toque 0,800, trabalho português do séc. XX-XXI. Aro encimado por fiada única, cravejada com vinte e três (23) diamantes em talhe de brilhante com cerca de 0,02 (ct) cada. Sinais de uso.

Contraste: Cabeça de veado - Vidal Nº 4092. Marca de garantia do ouro do toque 0,800, usada na contrastaria de Lisboa desde 1985. Uma cabeça de veado voltada para a esquerda, tendo na base o número 800. Contraste: Cabeça de pelicano - Vidal Nº 4126. Marca aplicada em artefactos de ourivesaria importados por entidades não matriculadas e em artefactos que se desconhece o responsável pelo fabrico, usada na contrastaria de Lisboa desde 1985. Uma cabeça de pelicano voltada para a direita.

Peso total aprox: 4,6 gr.

Med: 15

Ouro 300,0 €
0786.5
Lote 0737

PAR DE BOTÕES DE PUNHO

Em ouro amarelo contrastado (19,2 k), com as respectivas marcas de garantia do toque 0,800, trabalhos portugueses do séc. XIX-XX. Corpos de formato semicircular, cravejados com pedras duras em tons de vermelho e quatro (4) diamantes de talhe antigo dito “rosinhas”, interligados a correntes constituídas por elos interligados entre si com términos em travessão. Sinais de uso e pequenas amolgadelas nos travessões.

Contraste: Cabeça de tigre (II) - Vidal Nº 16. Marca aproximada do ouro do toque 0,800, usada na contrastaria de Lisboa de 1887-1937.

Peso total aprox: 6,3 gr.

Diâm: 1,2 cm

Ouro 300,0 €
0763.5
Lote 0731

ANEL DE SENHORA

Em ouro amarelo contrastado (19,2 k), com as respectivas marcas de garantia do toque 0,800, trabalho português do séc. XX-XXI. Aro liso, encimado por mesa recortada de formato oval, cravejada exteriormente com dezasseis (16) diamantes em talhe de brilhante com cerca de 0,01 (ct) cada e uma (1) safira ao centro. Sinais de uso.

Contraste: Cabeça de veado - Vidal Nº 4092. Marca de garantia do ouro do toque 0,800, usada na contrastaria de Lisboa desde 1985. Uma cabeça de veado voltada para a esquerda, tendo na base o número 800. Contraste: Cabeça de galo - Vidal Nº 4128. Marca aplicada nos artefactos incrustados de pedras preciosas, usada na contrastaria de Lisboa desde 1985. Uma cabeça de galo voltada para a esquerda.

Peso total aprox: 3,2 gr.

Med: 15

Ouro 270,0 €
0760.5
Lote 0725

ALFINETE DE LAPELA

Em ouro amarelo contrastado (19,2 k) e prata (Joalharia), com as respectivas marcas de garantia do toque 0,800 (ouro) e do toque 0,833 (prata), trabalho português do séc. XIX-XX. Corpo de formato geométrico, recortado e vazado, decorado com enrolamentos e volutas, cravejadas com quarenta e sete (47) diamantes de talhe antigo dito “Rosinhas”, formando um desenho repetitivo. Sinais de uso.

Contraste: Cabeça de tigre (II) - Vidal Nº 16. Marca de garantia aproximada do ouro do toque de 0,800, usada na contrastaria de Lisboa de 1887-1937. Contraste: Cabeça de javali (II) - Vidal Nº 82. Marca aproximada da prata do toque 0,833, usada na contrastaria de Lisboa de 1887-1937, nos objectos de pequenas dimensões.

Peso total aprox: 8,8 gr.

Dim: 2,3x4,3 cm

Ouro 300,0 €
0822.5
Lote 0723

SALVA DE BORDO RECORTADO

Em prata portuguesa, trabalho do séc. XX. Fundo liso de covo acentuado. Aba decorada por faixa recortada, encimada por motivos florais em relevo, ladeados por volutas e enrolamentos vegetalistas, formando um desenho repetitivo.

Contraste: Águia 833 - Vidal Nº 49. Marca de garantia da prata do toque 0,833, usada na contrastaria do Porto de 1938-1984. Marca de Ourives do Porto - Vidal Nº 1374 de Alberto Silva Ferreira, registada em 1947.

Peso aprox: 297,3 gr.

Alt: 2 cm
Diâm: 33 cm

Prata 150,0 €

Newsletter

Subscreva a Newsletter da Leiloeira Serralves para receber no seu e-mail todas as novidades, promoções e datas de Leilões.